Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

MAR terá entrada gratuita e exposição sobre Pixinguinha durante a Flup

Esta edição do evento literário joga luz sobre o Modernismo Negro, tendo o mestre do choro como um dos homenageados

Por Kamille Viola 11 fev 2022, 15h51

Uma das sedes da Flup — Festa Literária das Periferias, o Museu de Arte do Rio (MAR) tem entrada gratuita durante o evento, que começa nesta sexta (11) e vai até dia 18 de fevereiro. No centenário da Semana de Arte Moderna de 1922, o evento celebra o Modernismo Negro, tendo Pixinguinha como um dos homenageados, com direito a uma exposição sobre o mestre do choro.

+ É de graça: CCBB tem programação especial para crianças no domingo (13)

Um dos maiores nomes da música brasileira, Alfredo da Rocha Vianna Filho é tema da mostra em cartaz no centro cultural a partir desta sexta (11). Pixinguinha, Um Maestro Batuta reúne fotos, cartazes, reportagens e obras de artistas como Arjan, Jaime Lauriano, Mulambo e Yhuri Cruz, celebrando o dia em que o grupo Oito Batutas, que o soprista integrava, desembarcou na França: 29 de janeiro de 1922.

Compartilhe essa matéria via:

Ao lado de Donga, Raul Palmieri, Nelson Alves, China, Jacob Palmieri, José Alves Lima e Luis Pinto da Silva, Pixinguinha teve contato com músicos norte-americanos, que saíram do sul, foram para o norte dos Estados Unidos e emigraram para a França, naquele que é conhecido como o primeiro encontro de músicos negros da diáspora.

+ Festas, blocos e feiras fazem um pré-carnaval no fim de semana

Continua após a publicidade

A música negra acabaria por se tornar a trilha sonora dos anos 1920, reunindo instrumentistas brasileiros, europeus e americanos em Paris. O tema vai ser debatido nesta mesma sexta (11), às 19h, no MAR, na mesa Fluxos Transatlânticos, com o escritor franco-congolês Alain Mabanckou e a historiadora norte-americana Kim Butler, com mediação de Luciana Diogo.

+ As feiras do fim de semana: O Fuxico, Balzak40, Vida Liberta e mais

Além do mestre do choro, a Flup celebra a efervescência cultural do Rio de Janeiro nos anos 1920 por meio de homenagens à compositora Chiquinha Gonzaga, ao escritor Lima Barreto e à dançarina Josephine Baker, espalhadas pela programação. A lista de atrações está no site do evento: http://www.flup.net.br/programacao2022.

MAR. Praça Mauá, 5, Centro. 11 a 18 de fevereiro, 16h/23h. Grátis.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 12,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)