Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

MAM Rio ganha tour virtual em 3D pelas exposições do museu

Com lançamento nesta quarta (17), o site oferece ao público o acesso a espaços como a panorâmica Irmãos Campana - 35 Revoluções e a mostra Realce

Por Luiza Maia Atualizado em 16 mar 2021, 16h52 - Publicado em 16 mar 2021, 16h40

Trazendo o público para perto das instalações do museu, sem sair de casa, o Museu de Arte Moderna do Rio (MAM Rio), lança na quarta (17) um projeto de visitas virtuais em 3D pelas exposições.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

É possível acessar a iniciativa pelo site, por meio de computador, tablet ou celular. Serão disponibilizadas cinco mostras realizadas recentemente pelo museu carioca. Já as novas exposições serão incluídas na plataforma de forma gradativa.

Em cartaz no museu, estarão presentes na plataforma a panorâmica Irmãos Campana – 35 Revoluções,  dedicada aos 35 anos de trajetória designers Fernando e Humberto Campana; e a mostra de acervo Realce, com mais de 50 trabalhos de vertentes e períodos variados, com obras de Adriana Varejão, Cildo Meireles, Lygia Clark, Mira Schendel e Tunga, entre outros artistas.

Exposição
Realce: mostra explora diferentes obras do acervo do museu Fábio Souza/Divulgação

+ Casa Roberto Marinho inaugura duas exposições inéditas

Continua após a publicidade

A ação inaugura o projeto a exposição COSMOCOCA – programa in progress: núcleo poético de Quasi-Cinema, com cinco imagens fotográficas oferecidas pelo Projeto Hélio Oiticica e pelo cineasta Neville Dalmeida. Com curadoria de Fernando Cocchiarale e Fernanda Lopes, a seleção envolve imagens originalmente feitas em slide para serem projetadas nos ambientes dos Bloco-Experiências in Cosmococa – programa in progress, criados em 1973, em Nova York.

O projeto oferece também uma visita pela exposição Hélio Oiticica: a dança na minha experiência, montada recentemente no Salão Monumental do MAM Rio, em parceria com o Museu de Arte de São Paulo (MASP). A mostra reuniu cerca de cem obras do artista plástico Hélio Oiticica (1937-1980) relacionadas ao ritmo, à música, ao corpo e à dança, sob a curadoria de Adriano Pedrosa e Tomás Toledo. A montagem se completa com a obra Bandeira brasileira (2019-2021), do artista e carnavalesco Leandro Vieira.

+ Rio 456 anos: exposição de fotos virtual mostra antes e depois da cidade

Além de explorar as exposições, será possível saber mais sobre a arquitetura, os objetos e a história do museu, visitando os três andares do Bloco Expositivo, o Bloco Escola, que abriga os departamentos de pesquisa e documentação de arte, além da Cinemateca do MAM, um centro de patrimônio e memória audiovisual.

O projeto foi implantado a partir da tecnologia do Matterport, um equipamento capaz de gerar resolução de fotos profissionais em 3D. As áreas do museu foram mapeadas com fotos panorâmicas 360° que geram uma sensação mais próxima de estar fisicamente no local.

Continua após a publicidade
Publicidade