Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Grupo Galpão explora o universo dos sonhos pandêmicos em peça on-line

O carioca Pedro Brício assina direção e dramaturgia do projeto construído a partir de relatos oníricos de brasileiros

Por Marcela Capobianco 13 ago 2021, 13h44

Prestes a completar quatro décadas de serviços prestados ao teatro brasileiro, o Grupo Galpão, de Minas Gerais, faz uma imersão em experiências cênicas transmitidas pela internet.

Em junho deste ano, a companhia se uniu ao ator, diretor e dramaturgo carioca Pedro Brício começaram a pesquisar sobre os sonhos em tempos de pandemia. Não os sonhos no sentido de desejo, mas sim o ato de viver outras realidades ao dormir.

+ Rock in Rio confirma edição em setembro de 2022 e anuncia Justin Bieber e Demi Lovato no Palco Mundo

Os artistas receberam relatos de mais de 150 pessoas espalhadas pelo Brasil. A partir de uma série de indagações, como “O que temos sonhado?”, “Como os sonhos revelam os traumas da pandemia?” e “Como sonharemos o futuro?” nasceu o espetáculo Sonhos de Uma Noite com o Galpão, que estreia no dia 21 de agosto, via Zoom.

Os ingressos, gratuitos, já podem ser retirados pela Sympla. As sessões vão acontecer sempre aos sábados e domingos, até 12 de setembro.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

De todos os relatos coletados, alguns foram escolhidos para serem desenvolvidos em cena, com o auxílio de dramaturgia desenvolvida por Brício. “É muito bonito perceber como nosso inconsciente se articula neste momento”, comenta o encenador, que optou por dramatizar algumas histórias e apenas contar algumas outras.

O espetáculo foi todo pensado para a internet, usando uma linguagem e um ritmo particulares. “É o que a gente tem agora. Acho importante, tanto para nós, artistas, quanto para o público, mantermos essa comunicação on-line. Por isso, em vez de gravar, escolhemos fazer as partes presenciais da pela ao vivo, durante toda a temporada do espetáculo”, conta Brício.

+ Paes faz apelo ao Governo Federal “Entreguem a porcaria da vacina”

Os trechos gravados são o registro do encontro entre sonhadores cujas histórias foram selecionadas para o espetáculo e os atores Antonio Edson, Eduardo Moreira, Inês Peixoto, Lydia del Picchia, Simone Ordones e Teuda Bara.

+ Mistérios noturnos dão o tom de espetáculo dirigido por Yara de Novaes

A peça on-line integra o projeto Dramaturgias – Cinco Passagens Para Agora, que prevê, até dezembro deste ano, cinco espetáculos em diferentes formatos nas redes sociais.

Sáb. e dom., 20h. Grátis. Acesso pela Sympla. Até 12 de setembro.

Continua após a publicidade
Publicidade