Clique e assine por apenas 4,90/mês

Grátis: espetáculo on-line dá movimento a palavras de Guimarães Rosa

Nosso Primeiras Histórias é resultado de cinco anos de imersão do grupo Silenciosas na obra do escritor mineiro

Por Marcela Capobianco - 11 set 2020, 18h49

Cinco anos de imersão na literatura de Guimarães Rosa a partir do livro de contos Primeiras Estórias – publicado em 1962 – inspiraram o grupo de improviso cênico Silenciosas a criar um espetáculo virtual, misto de teatro, dança e dramaturgia, em cartaz pelo aplicativo Zoom até outubro.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Nosso Primeiras Estórias transforma os contos da obra de Guimarães Rosa numa experiência calcada em corpos, movimentos, vozes, técnicas e linguagens. As emoções dos nove artistas em cena – cada um num quadradinho do app de videoconferência – se misturam aos personagens das histórias do célebre escritor mineiro. O improviso também é usado amplamente pelos artistas, então cada apresentação é única.

+ Covid-19: qual o risco de contágio de cada atividade?

“Adaptar o trabalho cênico ao mundo virtual é um desafio, mas acredito que, por ser inevitável, devemos encará-lo como uma escolha capaz de enriquecer o processo artístico”, observa Diogo Granato, bailarino e diretor do espetáculo.

Diogo Granato: diretor do espetáculo também faz parte do elenco Carol Quintanilha/Divulgação

A experiência é gratuita, mas cada sessão tem capacidade máxima para 80 espectadores.

+ Instituto Moreira Salles vai reabrir com agendamento de visitas

Nosso Primeiras Estórias. Sextas, sábados e domingo, 17h30. Endereço do Zoom: ID 634 867 4348. Grátis. Até 10 de outubro. Outras informações nas redes sociais: @silenciosas.

+ Nova peça on-line do grupo Os Satyros aborda o desejo na pandemia

Continua após a publicidade
Publicidade