Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Festival Emergências leva atrações culturais a diversos pontos do Rio

O evento de cultura, ativismo e política terá debates, oficinas, cinema e arte

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 5 dez 2016, 11h37 - Publicado em 7 dez 2015, 19h30

A partir desta terça (8), o Rio será palco de um evento multicultural que promete agradar aos mais variados públicos. Diversos pontos da cidade e da Baixada Fluminense – entre eles Circo Voador, Fundição Progresso, Arcos da Lapa, La Paz, Gamboa, Bangu, Jacarepaguá, Belford Roxo, Duque de Caxias e Nova Iguaçu – recebem a programação do festival Emergências, que reunirá, até domingo (13), cerca de 400 pensadores, ativistas, artistas, produtores culturais, gestores e agentes políticos em espaços que se destinam a pensar a cultura como ativadora de processos na conquista de direitos civis, políticos, sociais, econômicos e ambientais.

Compõem a extensa programação – gratuita! – mesas de debate e cerca de 100 rodas de conversa, que irão alimentar as discussões em torno de temas como cultura, ativismo e política. Na agenda cultural vinculada ao evento, há 120 atividades previstas, incluindo mais de 100 horas de shows, oficina de ioga, rodas de samba, oficina de malabares, mostras de audiovisual, batalhas de rima e festas.

O ministro da Cultura, Juca Ferreira, participa da abertura com ato simbólico nesta segunda (7), às 15h, no Circo Voador. Logo em seguida, às 17h30, integra a mesa As Aventuras políticas do século XXI, da qual também participam convidados como Lawrence Lessig, Constanza Moreira e Gilberto Gil.

Confira a programação completa no site do evento.

Continua após a publicidade
Publicidade