Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Estreias teatrais: de Duetos a Marilyn, as novidades nos palcos

Espetáculo sobre a atriz americana e comédia com Marcelo Faria e Patrycia Travassos são os destaques entre as peças que entram em cartaz

Por Kamille Viola Atualizado em 8 ago 2022, 14h21 - Publicado em 4 ago 2022, 19h05

Duetos

Primeira montagem nacional da comédia de Peter Quilter, o espetáculo tem direção de Ernesto Piccolo e traz Patricya Travassos e Marcelo Faria. Em cena, os dois se desdobram nos papéis dos protagonistas das quatro histórias de uma mulher e um homem — não necessariamente casais — às voltas com seus próprios desejos e traumas em busca do amor, e enfrentando a solidão. Em uma delas, por exemplo, eles têm um encontro às cegas marcado por um aplicativo. Em outra, ela é uma mulher que quer se casar com o chefe.

Shopping da Gávea. Rua Marquês de São Vicente, 52, 2º andar. Sex. e sáb., 21h. Dom., 20h. R$ 25,00 a 100,00. Ingressos pelo Divertix. De 5 de agosto a 2 de outubro

Encontro Romântico Binaural

A companhia britânica ZU-UK apresenta uma performance imersiva roteirizada e dirigida por Persis Jade Maravala e Jorge Lopes Ramos. O térreo do Oi Futuro transforma em um restaurante para receber o público. Cada mesa de jantar será ocupada por duas pessoas. Sentadas de frente uma para a outra, usando fones de ouvidos, elas começam a ser guiadas por uma voz feminina em direção ao encontro perfeito. O ator James Turpin é o garçom responsável por quebrar o gelo dos casais, propondo alguns jogos de cooperação mútua.

Oi Futuro. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo. Qua. e qui., 18h30 e 20h. Grátis. É preciso retirar o ingresso na bilheteria uma hora antes. Até 18 de agosto.

Marilyn, Por Trás do Espelho

Com dramaturgia de Daniel Dias da Silva, supervisão de Roberto Bomtempo, direção de Ana Isabel Augusto e idealização e atuação de Anna Sant’Ana, o espetáculo a vida de Marilyn Monroe (1926-1962), com estreia em 4 de agosto, dia exato em que se completam 60 anos de sua morte. Através da história de Marilyn Monroe, estrela mundial do cinema e mulher-ícone do século XX, a peça convida a uma reflexão sobre solidão e depressão, temas atuais e urgentes no mundo contemporâneo, especialmente com a pandemia.

Sesc Tijuca. Teatro II. Rua Barão de Mesquita, 539, Tijuca. Qui. a sáb., 19h. Dom., 18h. R$ 30,00. De 4 a 28 de agosto.

Outras Marias

A atriz e cantora Clara Santhana conta a vida e a luta de sete mulheres que têm algo em comum: se chamam Maria. São figuras históricas como Maria Bonita e Maria Felipa de Oliveira (que lutou na Conjuração Baiana, em 1798) e divindades em cultos de origem brasileira e matriz africana, como as Marias Molambo, Navalha, Quitéria e a mais conhecida delas, Maria Padilha – amante de um monarca no antigo reino de Castela. A direção é de Patricia Selonk, a dramaturgia é assinada por Marcia Zanelatto e a direção musical é de Claudia Elizeu.

Continua após a publicidade

Teatro Glaucio Gill. Praça Cardeal Arcoverde, s\nº, Copacabana. Sex. a dom., 20h. R$ 30,00 a R$ 60,00. Ingressos pelo https://funarj.eleventickets.com. De 5 a 28 de agosto.

Um Tartufo

Livremente inspirada pelo texto de Molière, a peça dirigida por Bruce Gomlevsky fala sobre os vários personagens inescrupulosas que nos cercam no mundo contemporâneo. Na trama, Orgonte (Gustavo Damasceno), homem de posses, cai nas garras do charlatão Tartufo (Yasmin Gomlevsky), um falso religioso. A família toda logo se dá conta do caráter de Tartufo, exceto o patriarca. A Cia Teatro Esplendor mergulhou no universo expressionista para sua primeira montagem não realista, que não possui texto e é trabalhada a partir das ações físicas. 

Teatro Dulcina. Rua Alcindo Guanabara, 17, Centro. Sáb. e dom., 19h. R$ 20,00 a R$ 40,00. Ingressos na bilheteria. De 6 a 28 de agosto.

Vermelho Sangue

Com texto e direção de Afonso Henrique Soares, peça conta a história das últimas ações de uma pequena organização política ativista dos anos 70 que ainda busca forças para resistir à à ditadura militar. No centro da história, o conflito interno de uma guerrilheira a partir da morte de sua irmã — supostamente, assassinada em seu lugar, o que a leva a um grande sentimento de culpa. Enquanto pensa nos seus próximos passos, ela faz conjecturas sobre o futuro que nosso país terá.

Teatro Ipanema. Rua Prudente de Morais, 824, Ipanema. Sex. a dom., 19h. R$ 15,00 a R$ 30,00. Ingressos pelo Sympla.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 12,90/mês