Clique e assine por apenas 4,90/mês

Duas mostras exaltam Gerchman educador

Artista plástico teve atuação relevante na Escola de Artes Visuais do Parque Lage

Por Rafael Teixeira - Atualizado em 2 jun 2017, 12h51 - Publicado em 6 dez 2014, 00h00

 

Para além de sua própria obra, o carioca Rubens Gerchman (1942-2008) também influenciou a arte brasileira como educador. Duas exposições em cartaz na cidade resgatam essa importante faceta do artista. Na Casa Daros, a mostra Rubens Gerchman — Com a Demissão no Bolso exibe um farto material de arquivo do instituto que leva seu nome, ilustrando uma linha do tempo. Em meio a fotos, documentos, cartazes e áudios, destacam-se trinta trabalhos de Gerchman, entre eles o emblemático Lindonéia (1966), que mistura impressão, colagem e serigrafia em papel.

Rubens Gerchman
Rubens Gerchman

No Parque Lage, a mostra EAV 75.79 — Um Horizonte de Eventos celebra a primeira gestão da Escola de Artes Visuais, encabeçada por Gerchman, entre 1975 e 1979. Além de acervo documental, estão presentes obras feitas no período por Avatar Moraes, Dionísio Del Santo, Eduardo Sued, Roberto Magalhães e pelo próprio Gerchman, que comparece com Boa Noite (1976), criação em técnica mista.

Casa Daros. Rua General Severiano, 159, Botafogo, ☎ 2275-0246. → Quarta a sábado, 11h às 19h; domingo, 11h às 18h. Grátis. Até 8 de fevereiro de 2015. Escola de Artes Visuais do Parque Lage — Cavalariças e Capela. Rua Jardim Botânico, 414, Jardim Botânico, ☎ 3257-1800. Segunda a sexta, 14h às 18h; sábado e domingo, 14h às 17h. Grátis. Até 11 de janeiro de 2015.     

Publicidade