Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Controverso e afiado, Clodovil é retratado sem redenções em espetáculo

Eduardo Martini encarna o estilista e político na peça Simplesmente Clô, em cartaz presencialmente no Shopping da Gávea

Por Marcela Capobianco Atualizado em 18 jun 2021, 17h55 - Publicado em 18 jun 2021, 06h00

Talentoso, polêmico e dono de uma veia cômica cortante, Clodovil Hernandes (1937-2009) foi amado por muitos e odiado por tantos outros.

Suas várias facetas são encarnadas pelo ator paulista Eduardo Martini (foto) no monólogo Simplesmente Clô, em cartaz no Teatro das Artes, no Shopping da Gávea.

O texto de Bruno Cavalcanti perpassa os mais de quarenta anos de carreira do estilista que fez sucesso como apresentador de TV e foi o primeiro deputado federal assumidamente gay do Brasil.

Com direção de Viviane Alfano, o espetáculo mescla fatos pessoais pouco conhecidos pelo público com um panorama histórico, sem pretensão de redimir o controverso personagem.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

No palco, Martini se apresenta entre modelitos desenhados por Clodovil, com quem manteve uma relação próxima de amizade.

Rua Marquês de São Vicente, 52, Gávea. Qui, 20h. R$ 80,00. Ingressos pelo divertix.com.br. Até 15 de julho. Veja os detalhes no site do teatro.

Continua após a publicidade
Publicidade