Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Para matar a saudade: cinco lugares para curtir samba

Com o avanço da vacinação, casas e rodas do gênero estão de volta com a programação, em diversas regiões da cidade

Por Kamille Viola Atualizado em 15 out 2021, 20h21 - Publicado em 15 out 2021, 20h17

 

Bar Alcione, A Casa da Marrom

O bar da diva do samba tem shows de três neste sábado (16): Juninho Thybau (às 14h e  às 16h), Flávia Saolli (às 18h e às 20h) e Arlindinho (às 22h). No domingo, tem Pegada Brasileira (às 14h30 e às 16h30) e grupo Bom Gosto. 

Avenida Ayrton Senna, 2,150, CasaShopping, Barra da Tijuca. Sáb, às 14h e às 16h, às 18h e às 20h e às 22h. R$ 30,00. Dom., às 14h30 e às 16h30. R$ 30,00.   www.instagram.com/bardaalcione

Bar do Zeca Pagodinho

Reaberto recentemente, o bar está com programação variada de samba. Nesta segunda (18), quem se apresenta é o grupo Resenha do RDN, formado por músicos que já acompanharam grandes nomes, como Alcione, Arlindo Cruz e Caetano Veloso. Na quarta (20), Arlindinho leva seu show para o lugar, interpretando composições de seu pai, Arlindo Cruz como Você É o Espinho e Não a Flor, e Frasco Pequeno (de Arlindo com Mário Sergio e Franco). 

Avenida das Américas, 8.585, Shopping Vogue Square, Barra da Tijuca. Seg., 20h30. R$ 30,00. Qua, 20h30. R$ 30,00. É exigido o uso de máscara. www.instagram.com/bardozecapagodinho

+ Queremos! Festival anuncia atrações de 2022; saiba quem são

Beco do Rato

Continua após a publicidade

A tradicional casa da Lapa tem programação de samba quase todos os dias da semana. Neste sábado (16), é a vez do grupo Samba Que Elas Querem, grupo formado só por mulheres. Domingo, é a vez do Almoço no Beco com Sambastião. Já na segunda a atração é o sambista Arlindinho.

Rua Joaquim Silva, 11, Lapa. Sáb., 18h/1h. R$ 30,00. Dom, 12h/20h. R$ 15,00 e R$ 45,00 (com almoço). Ingressos pelo http://www.sympla.com.br. https://becodorato.com.br/agenda

Samba do Trabalhador

Moacyr Luz e seu grupo estão de volta com uma das rodas mais queridas da cidade, criada há 16 anos no tradicional clube da Zona Norte. O repertório reúne sambas clássicos de diversas épocas, incluindo composições do próprio Moa, como “Saudades da Guanabara”, e “Estranhou o quê?”, entre outras.

Renascença Clube. Rua Barão de São Francisco, 54, Andaraí. Seg., 16h30/21h45. R$ 30,00. São exigidos o uso de máscara e o comprovante de vacinação contra a Covid-19. Ingressos pelo http://www.sympla.com.br. www.instagram.com/moacyrluzesambadotrabalhador

+ Camila Cabello e Bastille são anunciados para o Rock in Rio 2022

Samba da Pedra do Sal

Bem antes de ser escolhida um dos bairros mais descolados do mundo pela revista Time Out, a Saúde, já tinha sido descoberta pelos cariocas. Em meio ao sucesso da região, a tradicional roda das sextas-feiras na Pedra do Sal está de volta (a de segunda ainda não). 

Rua Argemiro Bulcão, s/n, Saúde. Sex., 18h. Grátis. www.instagram.com/pedradosaloficial

Continua após a publicidade

Publicidade