Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

CCBB inclui na programação visitas teatralizadas em libras

Comemorado neste sábado (26), Dia Nacional do Surdo impulsiona novo programa educativo, que conta histórias relacionadas ao Centro Cultural

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 5 dez 2016, 11h53 - Publicado em 24 set 2015, 19h20

Em homenagem ao Dia Nacional do Surdo, comemorado neste sábado (26), o Centro Cultural Banco do Brasil passa a receber visitas teatralizadas em libras. Os encontros, realizados nos dias 25, 26 e 27, sempre às 14h, são conduzidos por educadores fluentes em libras, que contam histórias relacionas ao CCBB. A iniciativa tem como objetivo melhor atender as necessidades dos deficientes e promover a inclusão.

+ Cinco programas imperdíveis para curtir o fim de semana

+ 30 programas ao ar livre para fazer na primavera

O público poderá saber mais sobre a origem do Banco do Brasil, fundado em 1808 por Dom João Vi, através da visita “O Banqueiro” e “Galeria de Valores”. Aos fãs de história antiga, a dica é participar da visita “Deusa da Memória: Mnemosine”, que cria paralelos entre os elementos arquitetônicos e qualidades de mitos gregos.

Continua após a publicidade

Publicidade