Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

3 perguntas para Alexandre Pires, que estreia show ao lado de Seu Jorge

Cantor falou sobre espetáculo Irmãos, que surgiu após uma live, e chega do Rio dia 17 de dezembro, na Jeneusse Arena

Por Kamille Viola Atualizado em 18 nov 2021, 20h02 - Publicado em 19 nov 2021, 18h00

Em maio de 2020, Alexandre Pires e Seu Jorge se uniram em uma live, batizada de Irmãos, em que interpretavam dos dois e de outros nomes da música brasileira. Resultado: foi um sucesso, com mais de 14 milhões de visualizações.

Eles resolveram, então, transformar o projeto em uma turnê, que passou por Portugal, faz a estreia brasileira em São Paulo e chega ao Rio no dia 17 de dezembro, na Jeneusse Arena. Em conversa a Veja Rio, Alexandre Pires contou um pouco sobre a parceria.

Como surgiu a ideia de se apresentarem juntos? A gente já se conhece faz muito tempo e, sempre que nos encontrávamos, conversávamos sobre muitas coisas interessantes. Até que um dia surgiu a ideia de realizarmos uma live. Foi um sucesso, 14 milhões de visualizações, e decidimos levar esse encontro para o palco.

Vocês já apresentaram o show em Portugal. Como foi encontrar o público novamente? Foi extremamente emocionante ver toda aquela gente se divertindo, cantando, vivendo um momento mágico e especial. Vimos quanto esses shows podem trazer felicidade às pessoas. Por aqui, eu garanto que a festa vai ser animada também.

Você fez sucesso cantando pagode e o Seu Jorge tem um repertório de MPB. Como tem sido cantar os sucessos dele e vice-versa, além de músicas que não estavam no repertório de nenhum dos dois? Somos realmente como irmãos. Tudo flui normalmente, parece que nos conhecemos de vidas passadas. O mais curioso é que nossas influências até podem ter certa distinção, mas, quando nos juntamos, a sintonia é perfeita.

Jeneusse Arena. Avenida Embaixador Abelardo Bueno, 3401, Barra. 17 de dezembro, 22h. Ingressos pelo http://www.uhuu.com. → R$ 60,00 (meia-entrada) a R$ 120,00 (cadeira nível 3). Demais setores esgotados.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade