Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

De tirar o chapéu: Alcione inaugura segundo bar com seu nome com dois shows

Nova casa fica onde funcionava o Ameno Resedá, no Catete, e abre com apresentações da artista nesta terça e sábado, com transmissão on-line

Por Kamille Viola Atualizado em 25 out 2021, 14h22 - Publicado em 25 out 2021, 14h18

Depois do sucesso da casa da Barra, inaugurada em novembro, abre as portas nesta terça (26) o Bar Alcione, O Casarão da Marrom, no Catete. O espaço, que fica onde funcionou o Ameno Resedá, estreia com dois dias seguidos de show da cantora, que já estão esgotados. Mas quem ficou de fora pode assistir ao vivo pela plataforma ShowIn, por R$ 25. A abertura é do Grupo Curtindo a Vida.

+ Junta Local volta à Marina da Glória com muita comida, bebida e música

Alcione comemora o sucesso da empreitada que leva seu nome à frente dos dois bares, está o grupo de empresários da rede Rei do Bacalhau. “Estou muito feliz com a inauguração deste segundo bar. Logicamente, isso só está ocorrendo porque o da Barra acabou agradando aos clientes, com uma boa programação e serviços  de qualidade. Tudo com preços compatíveis com o bolso dos fregueses. E este agora, no Catete, vai atender melhor  ao público da Zona Sul e do Centro”, diz a artista.

+ Natal antecipado: Papai Noel inaugura Fábrica de Sonhos em Penedo

Com capacidade para 500 pessoas, a casa vai funcionar de quarta a segunda (com exceção da estreia). Entre as atrações já confirmadas para se apresentar por lá, estão Sandra de Sá, Molejo e Casuarina. O local conta com uma exposição permanente com itens do acervo da diva, com fotos, prêmios e honrarias recebidos por ela. O menu é assinado pelo chef maranhense Israel Cunha e o bar é comandado por Alex Marins.

+ Hora da retomada: a programação 0800 da volta do Theatro Municipal

Continua após a publicidade

Depois de quase dois anos sem se apresentar em uma casa de show, Alcione celebra sua recente volta aos palcos, no mês passado, e o reencontro com os fãs. “Não existe artista sem público. Gosto de cantar com os fãs, de interagir com a plateia. Essa energia é essencial para qualquer espetáculo. Fiz algumas lives durante esse período, mas não existe comparação. Ter o calor da plateia é outro patamar”, admite.

+ Flup 10 anos: Emicida e Djamila Ribeiro estão entre os destaques

Na noite de terça, o governador do Rio, Cláudio Castro, promete anunciar uma nova ação cultural para o estado, inspirada nos 50 anos de carreira da artista, a serem comemorados em 2022. Aliás, no ano que vem a artista vai ganhar um musical sobre sua vida, assinado por Miguel Falabella.

Rua Pedro Américo, 277, Catete. Ter. (26) e qua. (27.), às 21 (show de abertura às 19h30). R$ 100 (esgotados) e R$ 25 (live). Funcionamento: Seg. e qua. a sex., 18h/1h30. Sáb. e dom., 12h/1h30.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade