Clique e assine por apenas 4,90/mês

Pato com Laranja

(Desde 2018)

Tipos de Bares: Bares variados, Drinques

Veja Rio:

Endereço: Rua Visconde de Pirajá, 539 - Ipanema - Rio de Janeiro - RJ ver no mapa

Telefone: (21) 25408380

Horário:

segunda-feira 06:00 - 01:00

terça-feira 06:00 - 01:00

quarta-feira 06:00 - 01:00

quinta-feira 06:00 - 01:00

sexta-feira 06:00 - 01:00

sábado 06:00 - 01:00

domingo 06:00 - 01:00

Informações adicionais: Lugares/Capacidade total (100)

Resenha por Carol Zappa

Na esquina da rua Visconde de Pirajá com a Aníbal de Mendonça, a chef Andréa Tinoco transformou o ponto do Armazém Devassa, que pilotou por mais de dez anos, na reedição de um de seus primeiros negócios. Em atividade até o ano 2000 no Centro, o antigo restaurante virou um moderno gastrobar sob o comando do filho da chef, Pedro. O bem cuidado ambiente, embalado por trilha sonora pop, contrasta com três TVs ligadas em canais de esportes. Do imponente balcão em L, virado para o salão e para as mesas altas na calçada, saem drinques refrescantes como o verão tropical, reunião de rum infusionado com capim-limão, água de coco e xarope de limão (R$ 25,00). Mais temperado, o bloody duck é uma releitura do bloody mary com gim, suco de tomate, limão-siciliano, pimenta-caiena e espuma de gengibre (R$ 25,00 a R$ 55,00, dependendo da marca da bebida). A receita que batiza a casa aparece em duas versões: uma mais robusta, composta de coxa confit, purê de baroa, farofa de castanhas e molho de vinho tinto com laranja (R$ 59,00), e a outra para beliscar: os crocantes de pato são harumakis em tamanho míni servidos com chutney de laranja (R$ 29,00, quatro unidades).

    Na esquina da rua Visconde de Pirajá com a Aníbal de Mendonça, a chef Andréa Tinoco transformou o ponto do Armazém Devassa, que pilotou por mais de dez anos, na reedição de um de seus primeiros negócios. Em atividade até o ano 2000 no Centro, o antigo restaurante virou um moderno gastrobar sob o comando do filho da chef, Pedro. O bem cuidado ambiente, embalado por trilha sonora pop, contrasta com três TVs ligadas em canais de esportes. Do imponente balcão em L, virado para o salão e para as mesas altas na calçada, saem drinques refrescantes como o verão tropical, reunião de rum infusionado com capim-limão, água de coco e xarope de limão (R$ 25,00). Mais temperado, o bloody duck é uma releitura do bloody mary com gim, suco de tomate, limão-siciliano, pimenta-caiena e espuma de gengibre (R$ 25,00 a R$ 55,00, dependendo da marca da bebida). A receita que batiza a casa aparece em duas versões: uma mais robusta, composta de coxa confit, purê de baroa, farofa de castanhas e molho de vinho tinto com laranja (R$ 59,00), e a outra para beliscar: os crocantes de pato são harumakis em tamanho míni servidos com chutney de laranja (R$ 29,00, quatro unidades).