Hopfen Artesanal (Desde 2013)

Tipos de Bares: Cervejas especiais
Veja Rio
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Avenida Maracanã, 727 - loja h - Tijuca - Rio de Janeiro - RJ ver no mapa
Telefone: (21) 34979155(21) 34979096
Horário:
segunda-feira
Fechado
terça-feira
18:00 - 23:00
quarta-feira
18:00 - 01:00
quinta-feira
18:00 - 23:00
sexta-feira
18:00 - 01:00
sábado
16:00 - 23:00
domingo
Fechado
payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: Visa, Mastercard, Hipercard, Diners e American Express
Cartões de débito: Visa Electron, Rede Shop e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Lugares/Capacidade total (38)

Resenha por Carol Zappa

Inaugurado em pequenino ponto na Tijuca, o bar chegou a ostentar 300 rótulos. Não por acaso, conquistou o reconhecimento da clientela e, em 2016, o título de melhor carta de cervejas da cidade, segundo o especial COMER & BEBER. Após um período irregular, o endereço mudou de mãos e o novo dono, o cervejeiro amador Guilherme Campos, busca recuperar prestígio. Para tanto, aposta em pedidas belgas do porte da quadrupel Straffe Hendrik (R$ 43,90, 330 mililitros) e da duvel da Brugse Zot (R$ 34,90, 330 mililitros). Entre as nacionais, experimente a frutada e ácida Catharina Sour Jabuticaba (R$ 18,90, 330 mililitros), da Lohn Bier, que também contribui com a wood aged Carvoeira (R$ 34,90, 330 mililitros). Essa receita, que leva em seu processo de fermentação funghi secchi e cumaru, ganhou medalha de ouro no World Beer Award. O pão de alho (R$ 20,00, três unidades) e a burrata com molho pesto (R$ 30,00) são coadjuvantes de primeira. Às quartas, o horário é prolongado para a turmar assistir, lá mesmo, ao futebol na TV.

    Comer e beber

    • 2017 - Indicado

      Carta de cervejas Comer & Beber .

      Carol Zappa

    • 2016 - Vencedor

      Carta de cervejas Comer & Beber .

      Variam os detalhes folclóricos, mas são comuns os casos em que uma conversa de bar, após muitas rodadas, acaba inspirando a criação de outro bar. Aqui, o exercício de metalinguagem etílica deu-se em nível diferente — o papo levou à recriação do próprio estabelecimento. Foi assim: Felipe Barbosa, amigo dos fundadores da Hopfen, conheceu, lá mesmo, Ton Salomão, frequentador assíduo. Entre um gole e outro, desenvolveu-se a parceria. Com a saída dos antigos sócios, a dupla assumiu a empreitada, em março de 2016. A primeira providência foi trocar “Cervejas Especiais” por “Artesanal”. O novo aposto norteia a curadoria feita por Bianca Fraga — responsável pela carta de geladas do Aconchego Carioca Leblon — e a seção de tira-gostos. Entre os 180 rótulos, há, cada vez mais, atraentes exemplares nacionais, como a Hop Lover, uma intensa double IPA da paulista Dogma (R$ 30,00, 310 mililitros). Fabricada apenas em 24 de fevereiro de cada ano, a belga Gouden Carolus VD Keizer Blauw (R$ 90,00, 650 mililitros), uma dark strong ale, é destaque entre as importadas. Também há raridades, trazidas de viagens, em quantidade limitada, como as americanas Dogfish Head e Lagunitas. As sugestões distribuem-se pelas prateleiras e estão todas à espera no freezer. No mesão coletivo do pequeno salão ou nas mesas espalhadas pela calçada em frente à Praça Varnhagen, os anfitriões estão sempre a postos para orientar escolhas e conversar sobre cerveja. Novidades em forma de chope surgem diariamente em uma torneira — em breve serão três (uma delas de drinques). Do enxuto cardápio, vale a pena apostar na seleção de queijos artesanais feita pela badalada loja paulista A Queijaria. A tábua com cinco tipos sai a R$ 47,00. As mudanças reforçaram a vocação do simpático lugar, que já havia sido lembrado pelo júri em edições anteriores, e foram recompensadas com o título inédito. Prova de que tamanho, definitivamente, não é documento.

      Carol Zappa

    • 2015 - Indicado

      carta de cervejas Comer & Beber .

      A fachada discreta bem próxima do furdunço da Praça Varnhagen pode pegar de surpresa os desavisados. Naquele pequeno imóvel encontra-­se um paraíso para admiradores das cervejas especiais. Mais de 200 rótulos espalhados pelas prateleiras e geladeiras fazem parte da decoração simples. Essa bem montada seleção rendeu um voto do júri, na categoria carta de cervejas, nesta edição do COMER & BEBER. É possível encontrar por lá preciosidades como o último lançamento da cervejaria carioca Hocus Pocus. A Hush (R$ 28,00; 600 mililitros) é uma amber ale carregada nos maltes desenvolvida em parceria com o chef Rafael Costa e Silva, do restaurante Lasai. Já a big daddy IPA (R$ 30,00), rótulo da cervejaria americana Speakeasy, faz a alegria dos fãs do estilo. Mas, se a ideia for explorar a escola belga, peça a clássica Delirium Tremens (R$ 32,50), uma strong ale com notas frutadas e teor alcoólico elevado (8,5%). No enxuto cardápio de petiscos encontram-se grissini com pasta de gorgonzola (R$ 20,00) e mix de salsichas alemãs ladeadas por mostarda (R$ 25,00).

      Rafael Cavalieri

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s