Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Club Gourmet

(Desde 2017)

Tipos de Restaurantes: Cozinha variada, Refeição em bufê

Veja Rio:

Endereço: Avenida Borges de Medeiros, 1424 - Complexo Lagoon - Lagoa - Rio de Janeiro - RJ ver no mapa

Telefone: (21) 22449628

Horário:

segunda-feira 12:00 - 00:00

terça-feira 12:00 - 00:00

quarta-feira 12:00 - 00:00

quinta-feira 12:00 - 00:00

sexta-feira 12:00 - 01:00

sábado 12:00 - 01:00

domingo 12:00 - 00:00

Faixa de preço: De R$131,00 a R$220,00

Informações adicionais: Estacionamento/Valet (R$ 16,00) (1), Lugares/Capacidade total (60), Levar vinhos (permite) (R$ 70,00)

(1)por duas horas

No final do século passado, antes de chefs se tornarem fenômenos midiáticos, José Hugo Celidônio ganhou prestígio e respeito ao elevar os padrões culinários cariocas, introduzindo “novidades” como o carpaccio e esbanjando criatividade em receitas autorais. Seu palco foi o Club Gourmet, aberto em 1980, um sucesso por quase duas décadas. A casa trocou de mãos e, com o tempo, Zé Hugo perdeu espaço para novas gerações. Há um mês, aos 85 anos, o mestre voltou à cena, agora no Lagoon, com bufê (foto maior) no almoço e serviço à la carte no jantar. A visita noturna começou pelo folhado de aspargos com saboroso toque de brasa, penalizado pelo molho hollandaise de pouca acidez (R$ 42,00). Em seguida chegou o filé au poivre (foto menor), irrepreensível no ponto da carne e no sabor do molho (R$ 72,00). Ladeado por ótimas batatas fritas, prato fez lembrar que clássicos benfeitos nunca perdem a majestade. Fecho em grande estilo, o crepe de maracujá (R$ 25,00) é um hit do chef há mais de trinta anos.

    No final do século passado, antes de chefs se tornarem fenômenos midiáticos, José Hugo Celidônio ganhou prestígio e respeito ao elevar os padrões culinários cariocas, introduzindo “novidades” como o carpaccio e esbanjando criatividade em receitas autorais. Seu palco foi o Club Gourmet, aberto em 1980, um sucesso por quase duas décadas. A casa trocou de mãos e, com o tempo, Zé Hugo perdeu espaço para novas gerações. Há um mês, aos 85 anos, o mestre voltou à cena, agora no Lagoon, com bufê (foto maior) no almoço e serviço à la carte no jantar. A visita noturna começou pelo folhado de aspargos com saboroso toque de brasa, penalizado pelo molho hollandaise de pouca acidez (R$ 42,00). Em seguida chegou o filé au poivre (foto menor), irrepreensível no ponto da carne e no sabor do molho (R$ 72,00). Ladeado por ótimas batatas fritas, prato fez lembrar que clássicos benfeitos nunca perdem a majestade. Fecho em grande estilo, o crepe de maracujá (R$ 25,00) é um hit do chef há mais de trinta anos.