Clique e assine por apenas 4,90/mês

Café do Alto

(Desde 2012)

Tipos de Comidinhas: Cafés

Veja Rio:

Endereço: Rua Paschoal Carlos Magno, 143 - Santa Teresa - Rio de Janeiro - RJ ver no mapa

Telefone: (21) 25073172

Horário:

segunda-feira 12:00 - 21:00

terça-feira 11:00 - 21:00

quarta-feira 11:00 - 21:00

quinta-feira 11:00 - 21:00

sexta-feira 11:00 - 21:00

sábado 09:00 - 21:00

domingo 09:00 - 21:00

Informações adicionais: Lugares/Capacidade total (70)

Resenha por Fabio Codeço

O nome vem dos tempos no Clube Campestre, no Alto Leblon, mas ainda é adequado. Desde 2012 em Santa Teresa, a casa segue bem acima do nível do mar, em um imóvel no Largo dos Guimarães, o coração do bairro. Decorado com chita, bonequinhas de pano e outros elementos regionais, o ambiente prepara os espíritos para o café da manhã nordestino (R$ 50,00), oferecido nos fins de semana e feriados das 9 às 13 horas. Dica: chegue cedo para driblar as filas recorrentes. Coloridas panelas esmaltadas guardam aipim, inhame, batata-doce, milho, banana-da-terra cozidos — à espera de uma lambuzada de manteiga —, queijo de coalho grelhado e ovo mexido com carne-seca. Uma cartela exibe sugestões preparadas na hora e levadas à mesa. Frutas, frios e tapiocas em dezessete sabores (doces e salgados) estão na lista. Para beber, além das dicas quentes, como café coado, ficam na bancada jarras de sucos naturais, chás gelados e água aromatizada. Tem mais: a ala doce inclui bolos de rolo e de fubá com goiabada, canjica e outras delícias. O repasto ainda traz o bolo souza leão, Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado de Pernambuco, o queijo manteiga, típico do sertão, e o cuscuz de milho, tradição matinal entre as famílias de Alagoas e da Bahia. Uma aula.

Preços checados em julho de 2018.

    O nome vem dos tempos no Clube Campestre, no Alto Leblon, mas ainda é adequado. Desde 2012 em Santa Teresa, a casa segue bem acima do nível do mar, em um imóvel no Largo dos Guimarães, o coração do bairro. Decorado com chita, bonequinhas de pano e outros elementos regionais, o ambiente prepara os espíritos para o café da manhã nordestino (R$ 50,00), oferecido nos fins de semana e feriados das 9 às 13 horas. Dica: chegue cedo para driblar as filas recorrentes. Coloridas panelas esmaltadas guardam aipim, inhame, batata-doce, milho, banana-da-terra cozidos — à espera de uma lambuzada de manteiga —, queijo de coalho grelhado e ovo mexido com carne-seca. Uma cartela exibe sugestões preparadas na hora e levadas à mesa. Frutas, frios e tapiocas em dezessete sabores (doces e salgados) estão na lista. Para beber, além das dicas quentes, como café coado, ficam na bancada jarras de sucos naturais, chás gelados e água aromatizada. Tem mais: a ala doce inclui bolos de rolo e de fubá com goiabada, canjica e outras delícias. O repasto ainda traz o bolo souza leão, Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado de Pernambuco, o queijo manteiga, típico do sertão, e o cuscuz de milho, tradição matinal entre as famílias de Alagoas e da Bahia. Uma aula.

    Preços checados em julho de 2018.