Clique e assine por apenas 4,90/mês

Aprazível

(Desde 1997)

Tipos de Restaurantes: Brasileiros

Veja Rio:

Endereço: Rua Aprazível, 62 - - Santa Teresa - Rio de Janeiro - RJ ver no mapa

Telefone: (21) 25089174

Site: www.aprazivel.com.br

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira - Fechado

quarta-feira - Fechado

quinta-feira 12:00 - 23:00

sexta-feira 12:00 - 23:00

sábado 12:00 - 23:00

domingo 09:00 - 18:00

Faixa de preço: De R$151,00 a R$250,00

Informações adicionais: Lugares/Capacidade total (300)

Resenha por Fabio Codeço

Mudanças nos horários deste reduto da boa mesa, com decoração de fazenda e vista panorâmica, restringiram as atividades a quatro dias por semana. De quinta a domingo, a chef e proprietária Ana Castilho cuida do menu de DNA brasileiro, dos pratos às cartas de vinhos, cervejas e cachaças artesanais. Comece pelo acarajé do cerrado (R$ 31,00), pastel de angu recheado de carne moída apimentada, escoltado por jiló agridoce e vinagrete de tomate verde. Adiante, a galinhada caipira (R$ 85,00), reforçada com linguiça mineira, couve refogada, feijão surpresa, banana-da-terra assada e geleia de pimenta dedo-de-moça, é boa opção principal. Na ala doce, o bolo cremoso de chocolate amazônico 70% coberto de castanhas-de-caju carameladas e flor de sal (R$ 37,00) é servido com creme inglês de café torrado lá mesmo. No domingo há bufê de café da manhã, das 9h às 11h (R$ 71,00 por pessoa). Em tempo: na sala reservada chamada Secreto, o chef Breno Naar recebe até dez comensais por noite, para um menu degustação fechado (R$ 230,00, sem bebidas), de quinta a sábado, às 20h.

    Mudanças nos horários deste reduto da boa mesa, com decoração de fazenda e vista panorâmica, restringiram as atividades a quatro dias por semana. De quinta a domingo, a chef e proprietária Ana Castilho cuida do menu de DNA brasileiro, dos pratos às cartas de vinhos, cervejas e cachaças artesanais. Comece pelo acarajé do cerrado (R$ 31,00), pastel de angu recheado de carne moída apimentada, escoltado por jiló agridoce e vinagrete de tomate verde. Adiante, a galinhada caipira (R$ 85,00), reforçada com linguiça mineira, couve refogada, feijão surpresa, banana-da-terra assada e geleia de pimenta dedo-de-moça, é boa opção principal. Na ala doce, o bolo cremoso de chocolate amazônico 70% coberto de castanhas-de-caju carameladas e flor de sal (R$ 37,00) é servido com creme inglês de café torrado lá mesmo. No domingo há bufê de café da manhã, das 9h às 11h (R$ 71,00 por pessoa). Em tempo: na sala reservada chamada Secreto, o chef Breno Naar recebe até dez comensais por noite, para um menu degustação fechado (R$ 230,00, sem bebidas), de quinta a sábado, às 20h.