Ossada de titanossauro voltará ao Museu Nacional

Esqueleto havia sido desmontado pois estava com sua base infestada de cupins

Uma das mais populares atrações do Museu Nacional, a réplica da ossada do ­Maxakalisauros topai já tem data prevista para voltar a seu lugar de destaque no palacete da Quinta da Boa Vista: 19 de julho. Com a base infestada de cupins, o esqueleto do titanossauro foi desmontado antes que viesse a desabar, o que levou ao fechamento da sala onde ficava a peça, entre valiosos fósseis. Para recuperar a estrutura do dinossauro brasileiro, que, em tempos idos, media 13 metros e podia chegar a 9 toneladas, foi lançada uma campanha de financiamento coletivo. A distribuição de recompensas, como réplicas de dentes do bicho, levou à arrecadação de 58 700 reais, quase o dobro da primeira meta estabelecida, e vai permitir um “upgrade” no espaço.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s