Grafiteiro Toz faz manifesto contra medida de João Doria

Artista apresenta série inédita inspirado na polêmica medida de cobertura das manifestações artísticas de rua em São Paulo

Depois de dois anos sem expor, Toz apresenta uma série inédita, a partir de quinta (30), na Galeria Movimento. Inspirado por polêmica ação do prefeito de São Paulo, João Doria, que decidiu passar tinta cinza sobre manifestações artísticas de rua, o grafiteiro busca provocar reflexão sobre o assunto ao mostrar trabalhos também encobertos. Nas oito telas escolhidas, aparecem (pouco) personagens criados por ele, a exemplo da boneca Nina, do colorido Vendedor de Alegria e de Shimu (escondido na foto). Avenida Atlântica, 4240, Copacabana. Segunda a sexta, 10h às 19h30; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 29 de abril.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s