Dez programas imperdíveis neste fim de semana

VEJA RIO selecionou dez atrações para deixar seu fim de semana mais animado. Destaque para a peça Ícaro and The Black Stars, no Teatro XP Investimentos

Vanessa da Mata

Vanessa da Mata

Vanessa da Mata (Marcos Hermes/Divulgação)

No show Caixinha de Música, calcado em CD e DVD registrados ao vivo no ano passado, Vanessa da Mata revisita projetos anteriores. Além de inéditas como a faixa-título e Gente Feliz, gravada com o BaianaSystem, o repertório reúne versões do intimista Delicadeza. A lista vai de Love Will Tear us Apart, do grupo britânico Joy Division, a Mágoas de Caboclo, conhecida na voz de Orlando Silva. Os sucessos Ai, Ai, Ai, Não Me Deixe Só e Boa Sorte também estão garantidos. Imperator. Rua Dias da Cruz, 170, Méier. Sábado (30), 21h. R$ 80,00.

Jards Macalé

Jards Macalé: voz e violão

Jards Macalé: voz e violão (Ariel Martini/Divulgação)

Figura essencial do tropicalismo nos anos 70, a cuja estética se manteve fiel, Jards Macalé coleciona ao longo de sua distinta trajetória parcerias notáveis com músicos, poetas, cineastas e artistas plásticos, de Caetano Veloso a Nelson Pereira dos Santos. Sozinho ao violão, o cantor e compositor repassa pérolas comoVapor Barato eMal Secreto, ambas compostas com Waly Salomão e eternizadas na voz de Gal Costa, além de Gotham City, feita com José Carlos Capinam e vaiadís­sima no Festival Internacional da Canção em 1969. Manouche. Rua Jardim Botânico, 983 (Casa Camolese), ☎ 99239-4969. Sábado (30), 21h.R$ 60,00 (com 1 quilo de alimento não perecível) e R$ 80,00.

Geraldo Azevedo

Geraldo Azevedo: nos embalos de São João

Geraldo Azevedo: nos embalos de São João (FELIPE DINIZ/Divulgação)

Mais agitado do que o Carnaval no calendário de Geraldo Azevedo, somente o período de festas juninas. Depois de passar por Caruaru, Aracaju e Salvador, entre outras cidades, o músico pernambucano desembarca na Lapa para comandar o Arraiá do Circo, como faz há dez anos. Desta vez serão duas noites. Na sexta (29), ele divide o palco com Xangai e Emanuelle Araújo. Pedro Luís e Mariana Aydar são os convidados do dia seguinte. Xote e baião dão o tom a sucessos do anfitrião, como Moça Bonita e Tempero do Forró, além de clássicos de Luiz Gonzaga e Dominguinhos. Barracas de comida, decoração típica e um trio de forró completam o clima de festa do interior. Circo Voador. Rua dos Arcos, s/nº, Lapa. Sexta (29) e sábado (30), a partir das 22h. R$ 100,00 (1º lote).

Ícaro and The Black Stars

 (Igor Mota/Divulgação)

Ícaro and The Black Stars. Fora dos parâmetros estabelecidos para a categoria teatro musical, o espetáculo pode até ser considerado um show. A forma escolhida para abordar a black music, no entanto, conquista logo de cara ao optar por um caminho lúdico. Sem rigor cronológico, a dramaturgia de Pedro Brício, também responsável pela direção, recorre à manjada história da nave que viaja no tempo e no espaço para visitar nomes que fizeram história no gênero. Acompanhado pelas talentosas cantoras Hananza e Luci Salutes, Ícaro Silva (foto) esbanja carisma no papel do comandante, cativando o público com imitações, improvisos e histórias de sua vida. Sob direção musical de Alexandre Elias, o rico repertório oferecido em cena é valorizado por sua capacidade vocal: o ator vai com fluidez dos graves de Tim Maia aos agudos de Beyoné (que, sim, entra em cena). De estética futurista, os figurinos metalizados de Bruno Perlatto e Mariana Safadi dialogam com a iluminação de Paulo César Medeiros, enquanto as projeções de Rico e Renato Vilarouca são muito bem aproveitadas. Diversão garantida (80min). 12 anos. Teatro XP Investimentos. Avenida Bartolomeu Mitre, 1110-B, Leblon (Jockey Club). Sexta e sábado, 21h; domingo, 20h. R$ 80,00. Até 15 de julho.

Clarice Lispector & Eu — O Mundo Não É Chato

 (Matheus José Maria/Divulgação)

Clarice Lispector & Eu — O Mundo Não É Chato. Às voltas com textos próprios e passagens da obra da escritora de A Hora da Estrela, Rita Elmôr (foto)estrela o delicado solo sob a batuta de Rubens Camelo (60min). 14 anos. Teatro Municipal Café Pequeno. Avenida Ataulfo de Paiva, 269, Leblon. Sexta a domingo, 20h. R$ 40,00. Até domingo (1º). 

Fale Mais Sobre Isso

 (Lila Batista/Divulgação)

Fale Mais Sobre Isso. Sozinha em cena, a atriz Flavia Garrafa (foto), que também é formada em psicologia, interpreta uma terapeuta dividida entre o trabalho no consultório, em especial quatro dos seus pacientes, e os próprios dilemas pessoais (70min). 14 anos.Teatro dos Quatro. Rua Marquês de São Vicente, 52, Shopping da Gávea. Segunda, 20h. R$ 60,00. Até segunda (25). 

Lasanha e Ravioli em Cinderela

 (Ana Luísa Cardoso/Divulgação)

Lasanha e Ravioli em Cinderela Nos papéis dos dois clowns com nome de massa italiana, Ana Barroso (Lasanha) e Monica Biel (Ravioli) revisitam o clássico conto de fadas e, ao mesmo tempo, revelam bastidores do teatro (50min). Rec. a partir de 3 anos. Teatro Glaucio Gill. Praça Cardeal Arcoverde, s/nº, Copacabana. Sábado e domingo, 17h. R$ 30,00. Até 15 de julho. Estreia neste sábado (23).

Dinossauros e Pelancas

 (Alexandre Kubrusly/Divulgação)

Dinossauros e Pelancas Dirigida por Juliana Linhares (cantora da banda Pietá), a montagem recorre a projeções e música ao vivo para contar histórias originais, como a da vovó que conviveu com dinossauros (60min). Rec. a partir de 5 anos. Caixa Cultural. Avenida Al­mirante Barroso, 25, Centro. Sábado e domingo, 16h. R$ 20,00. Até 8 de julho. Estreia no sábado (30).

Construções Sensíveis

 (Alejandro Taquechel/Divulgação)

Uma amostra representativa da arte abstrata produzida na América Latina ocupa o CCBB a partir de quarta (27), na coletiva Construções Sensíveis. Oriundo da coleção Ella Fontanals-­Cisneros, o acervo da exposição reúne 120 obras de sessenta artistas. A lista vai de objetos cinéticos do argentino Julio Le Parc à pintura do brasileiro Luiz Sacilotto (foto), passando pelo site specificHorizonte Inestable, do cubano Alexandre Arrechea, fundador do coletivo Los Carpinteros. CCBB. Rua Primeiro de Março, 66, Centro. Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis. Até 17 de setembro. Abertura na quarta (27).

Portinari — A Construção de uma Obra

 (Eder Novacki/Divulgação)

 Portinari — A Construção de uma Obra. Reunião de desenhos, esboços e estudos que levaram às criações do artista. Caixa Cultural. Rua Almirante Barroso, 25, Centro. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até domingo (1º).

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s