Dez programas imperdíveis neste fim de semana

VEJA RIO selecionou dez atrações para deixar seu fim de semana mais animado. Destaque para o festival Admirável Música Nova, no CCBB

Festival Admirável Música Nova no CCBB

Ed Motta

Ed Motta (Daryan Dornelles/Divulgação)

Ambiciosa, a proposta do festival Admirável Música Nova já foi testada e aprovada em São Paulo e Belo Horizonte: a ideia é reunir artistas com sons bem diferentes, mas que têm em comum um pé na vanguarda. Entre os encontros previstos, o primeiro dia traz o grupo PianOrquestra — instigante quinteto em torno de um único instrumento — e a cantora Tulipa Ruiz (foto), às 23h. Depois, à 0h30, Ed Motta e a francesa Camille Bertault (que parece ter se encantado pela cidade) prometem caprichar no scat singing. No sábado (14), o palco no estacionamento recebe os talentosos Vitor Araújo (piano) e Wladimir Gasper (alter ego de Pedro Bernardes), seguidos por Craca e Dani Nega com BNegão, num misto de música eletrônica, rap, hip-hop, funk e soul. CCBB. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Sexta (13) e sábado (14), a partir das 23h. R$ 20,00.

Maria!

Claudio Mendes dá vida ao compositor Antônio Maria no solo dirigido por Inez Viana

Claudio Mendes dá vida ao compositor Antônio Maria no solo dirigido por Inez Viana (Elisa Mendes/Divulgação)

No dia de seu aniversário, o cronista  e compositor Antônio Maria (1921-1964), vivido por Claudio Mendes, faz um mergulho no passado. O solo Maria!, dirigido por Inez Viana, conduz o espectador à boêmia Copacabana dos anos 1950, quando o artista vivia rodeado por gente como Maysa, Vinicius  de Moraes e Di Cavalcanti.  “Retrata um Rio menos ansioso e violento”, diz Inez (70min). 12 anos.  Sesc Copacabana (mezanino). Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana. Quinta a sábado, 21h; domingo às 20h. R$ 30,00.  Até 6 de maio.  Estreia na quinta (12).

Disruptiva

 (Lawrence Malstaf Studio/Divulgação)

Com o propósito de apresentar tecnologias que proporcionam inusitadas experiências sensoriais, a mostra Disruptiva, braço do Festival Internacional de Linguagem Eletrônica (File), pretende conduzir o visitante a uma  jornada em que ele se transforme em parte das obras em exibição. O acervo trará um espelho capaz de fundir duas pessoas, combinando o corpo de uma e o rosto de outra, e mais vivências de realidade virtual e interatividade. As três atrações a seguir são dicas dos curadores da exposição, Paula Perissinotto e Ricardo Barreto.

Happy Code

 (Divulgação/Reprodução)

Oficinas sobre Minecraft, criação de games e de um canal no YouTube, para crianças e adolescentes, estão na programação montada pela escola Happy Code. Cada aula tem duração média de noventa minutos. Aos sábados, nas turmas de Minecraft, o encontro inclui desenvolvimento de mods, para alterar a programação original, dicas de raciocínio lógico e resolução de problemas. Domingo é dia de aprender a ser vlogger, com ensinamentos sobre elaboração de roteiros, vinhetas e vídeos para a internet. Shopping Fashion Mall. Estrada da Gávea, 899, 2º piso, São Conrado. Sábados e domingos, 12h, 14h, 15h45, 17h30 e 19h30. R$ 35,00. Até o dia 29. Abertura no sábado (14).

Roupa Nova 

 (Giu Pera/Divulgação)

A passagem dos 35 anos de carreira do Roupa Nova rendeu homenagens e turnê. Com o show Todo Amor do Mundo, o longevo grupo revisita sua história, contada em livro ilustrado, além de CD e DVD com participações como as de Angélica (Você, o Surf e Eu), Alexandre Pires (Medo Medo) e Tico Santa Cruz (Princípio de Um Novo Tempo). Uma versão de O Barquinho, pérola bossa nova de Menescal e Bôscoli, também está no programa.

Vivo Rio. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, ☎ 2272-2901. Sexta (13) e sábado (14), 22h; domingo (15), 21h. R$ 190,00 (setor 2) a R$ 300,00 (setor VIP).

O Rei da Vela

 (Jennifer Glass/Divulgação)

Com texto de Oswald de Andrade, a peça O Rei da Vela ganhou histórica montagem do Teatro Oficina, dirigida por Zé Celso Martinez Corrêa, em 1967. Meio século depois, o encenador decidiu revisitar o clássico (leia a entrevista com Zé Celso na coluna Beira-Mar). Nessa crítica ao capitalismo escrita em 1933, e ainda com o prazo de validade em dia, Marcelo Drummond encarna o desalmado agiota Abelardo I. O tom de sátira é sublinhado pela irreverência da trupe (210min, com dois intervalos). 16 anos. Cidade das Artes. Avenida das Américas, 5300, Barra. Sexta, 20h; sábado e domingo, 19h. R$ 80,00. Até o dia 22. Estreia no sábado (14).

Paisagem do Tempo

Carolina Kasting mostra suas habilidades por trás da câmera na mostra

Carolina Kasting mostra suas habilidades por trás da câmera na mostra (Alex Falcão/Divulgação)

Atriz e poeta, Carolina Kasting apresenta um talento menos conhecido na mostra Paisagem do Tempo. “Queria usar a lente como pincel. Trago o olhar que se propõe a perverter a natureza fotográfica da câmera, que tem como base um estranho equívoco em sua origem: o de ser um instrumento preciso e infalível”, filosofa a artista, que saiu em busca de imagens ora desgastadas pelo tempo, ora em plena construção. Suas fotografias transitam entre a fine art e a street art, ainda segundo a atriz. O acervo exposto foi selecionado pelo fotógrafo Cadu Lacerda. A produção foi feita no próprio local da individual.

Fábrica Bhering. Rua Orestes, 28, 3º andar, Santo Cristo. Sábados, 13h às 18h. A partir de sábado (7).

Contos do Mar

Contos do Mar reúne histórias aquáticas

Contos do Mar reúne histórias aquáticas (Pedro Sá Earp/Divulgação)

Mix de contos infantis de países como Japão, Itália, Brasil e Hungria, a peça Contos do Mar, de Flavio Souza e Marcos Camelo, conta com tramas aquáticas para promover um mergulho no universo lúdico dos oceanos. Lendas, princesas e piratas estão no repertório da Cia. Quatro Manos (55min). Rec. a partir de 4 anos. Teatro Dulcina. Rua Alcindo Guanabara, 17, Centro. Sábado e domingo, 16h. R$ 20,00. Até 27 de maio. Estreia neste sábado (7).

Dona Onete

Dona Onete: a luz dela é de LED

Dona Onete: a luz dela é de LED (Laís Teixeira/Divulgação)

Dona de voz potente e muito bom humor, a carismática Dona Onete está de volta ao sul maravilha, agora como atração de uma noite para lá de especial: ela recebe o bloco Minha Luz é de LED no Circo Voador, palco onde já comandou shows apoteóticos. A paraense, que é autora de mais de 200 composições do ritmo conhecido como “carimbó chamegado”, com letras apimentadas e levada dançante, apresenta sucessos como Banzeiro (do “é água de chuva, é banho de cheiro”), Jamburana (que celebra o jambu, ingrediente típico do Norte do país),  No Meio do Pitiú, Tipiti e Feitiço Caboclo.

Rua dos Arcos, s/nº, Lapa, ☎ 2533-0354. Sábado (14), 22h. R$ 80,00 (1º lote).

 Cão sem Plumas

 (Dayvison Nunes/Divulgação)

A miséria, a desigualdade e a vida no mangue são elementos centrais do mais novo espetáculo de Deborah Colker,  Cão sem Plumas, de volta à cena a partir de sexta (13). Inspirada na poesia de João Cabral de Melo Neto (1920-1999), a montagem une dança e cinema por  meio de um vídeo realizado por Deborah, ao lado de Claudio Assis, diretor dos longas Amarelo Manga e A Febre do Rato. “É sobre coisas inconcebíveis, que não deveriam ser permitidas. É contra a ignorância humana”, define a coreógrafa, que pela primeira vez na carreira mergulha no Brasil profundo (70min). Livre. Teatro Oi Casa Grande. Avenida Afrânio de Melo Franco, 290, Leblon. Quarta a sexta, 20h30; sábado e domingo, 18h30. R$ 80,00 a R$ 180,00. Até o dia 22. Estreia na sexta (13).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s