Cazuza ganha homenagem em ritmo de bossa nova

Roberto Menescal, Leila Pinheiro e Rodrigo Santos dão nova roupagem a sucessos do músico, que completaria 60 anos este mês

 (Daryan Dornelles/Divulgação)

Nascido Agenor de Miranda Araújo Neto, Cazuza (1958-1990) teria completado 60 anos no último dia 4. Outra sessentona, a bossa nova inspira o tributo à obra do genial cantor e compositor feito por Roberto Menescal, Leila Pinheiro e Rodrigo Santos, ex-baixista do Barão Vermelho, grupo no qual Cazuza despontou. Clássicos como Um Trem para as Estrelas, Blues da Piedade e Faz Parte do Meu Show ganham arranjos calcados no gênero lançado por João Gilberto, ao lado de uma bossa inédita do homenageado, Doralinda, feita em parceria com João Donato. Vivo Rio. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, ☎ 2272-2901. Sexta (27), 22h. R$ 100,00 (setor 3) a R$ 200,00 (setor vip).

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s