Cantora independente, Jade Baraldo faz sucesso no cenário musical

Após participação no The Voice Brasil, cantora quebrou a internet com a música "Brasa" e coleciona admiradores

“Vadia, louca, depravada.” O verso que inicia o refrão da música Brasa, lançada no fim de junho pela cantora Jade Baraldo, gruda na cabeça e vem sendo entoado com frequência nas redes sociais por grande parte de seus mais de 300 000 seguidores. Maliciosa e um pouco chocante para os mais velhos, a composição reflete a rebeldia juvenil da catarinense de apenas 18 anos. Filha de músicos, Jade passou a infância nas casas de shows onde seus pais tocavam e se encantou ainda pequena pelos holofotes. Na adolescência, criou uma banda com amigos e começou a publicar vídeos no estilo voz e violão, fazendo cover de canções de Lady Gaga e Lana Del Rey — citadas como influências ao lado de Sarah Vaughan e Elis Regina. O alcance de sua voz sensual e rasgada, no entanto, só se tornou nacional quando Jade participou do programa The Voice Brasil e conquistou Michel Teló como padrinho ao som de Romaria, de Renato Teixeira. A bela ruiva de olhos levemente puxados chegou à semifinal (depois de ser roubada por Claudia Leitte para seu time), viu o número de admiradores aumentar exponencialmente e começou a ser cobiçada por empresários do ramo. “No minuto que pisei fora do palco fui abordada por gravadoras com propostas, mas optei pelo caminho independente porque percebi que só assim conseguiria garantir o controle sobre meu trabalho”, explica.

Deu certo. Logo após o lançamento, Brasa permaneceu sete dias consecutivos no primeiro lugar da playlist As 50 Virais do Brasil, do Spotify (para o qual retornou no último dia 17 e nele permanecia até o fechamento desta edição). O clipe acumulou 250 000 visualizações em apenas uma semana. E o barulho já começa a reverberar lá fora: um produtor da cantora Adele procurou-a para uma possível parceria e Jade arrisca-se no inglês em uma canção a ser lançada com o rapper californiano Scoop Deville, nome por trás de Kendrick Lamar, Snoop Dogg e 50 Cent. Planos para um possível álbum ficam mais para a frente. “A relação das pessoas com a música mudou muito, e é importante que os artistas entendam isso. Meu foco será o lançamento de singles”, diz. Com um estilo pop experimental, a cantora se mostra uma aposta dos novos tempos. “Isso transparece em sua linguagem estética. Mesmo com tão pouca idade, é uma cantora que já sabe o que quer e tem vocação para o mundo”, elogia o músico Pedro Luís, com quem ela dividiu um show no mês passado. A moça promete. ß

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s