Clique e Assine a partir de R$ 3,90/mês

Teatro infantil: duas peças para assistir on-line no fim de semana

A Batalha da Natureza conta com quiz após o espetáculo. Já Lupita se inspira na cultura mexicana para abordar a morte

Por Marcela Capobianco Atualizado em 25 nov 2020, 15h59 - Publicado em 25 nov 2020, 15h51

Apesar dos teatros cariocas terem sido liberados para retomar as atividades em meados de setembro, os produtores ainda preferem disponibilizar seus trabalhos on-line.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Afinal, assistir a peças de teatro pela internet, no conforto do lar, é uma realidade. Confira duas opções gratuitas de espetáculo infantil on-line para assistir no próximo fim de semana.

A Batalha da Natureza.

+ Depois do Papai Noel virtual, shopping coloca Bom Velhinho em ‘vitrine’

Continua após a publicidade
A Batalha da Natureza: projeto Ilhas do Rio, que analisa biodiversidade das Ilhas Cagarras, disponibiliza a peça Divulgação/Divulgação

O projeto Ilhas do Rio, que faz um levantamento sobre a biodiversidade das Ilhas Cagarras, lança, no sábado (28), um espetáculo digital que diverte e conscientiza sobre os cuidados com a natureza. A peça conta a história de um atobá que, após uma grande tempestade, volta à ilha para ver como estão seus amigos e fica surpreso com a quantidade de lixo que encontra por lá. Juntos, plantas e animais decidem bolar um plano de ensinar às pessoas a maneira certa de descartar o lixo. A peça pode ser acessada pelo canal do YouTube do projeto, a partir 17h. Depois da sessão, rola um quiz interativo com os personagens.

+ Programinha Carioca: viagens de carro em família são tendência no pós-pandemia

Lupita.

Até domingo (29), o espetáculo pode ser conferido pelo site do Oi Futuro. Com dramaturgia e direção de Flávia Lopes, o espetáculo recorre a máscaras, bonecos, objetos manipulados, projeções e luz negra, mesclando diversas linguagens para falar de um tema espinhoso, a morte. Em um México imaginário, a menina Lupita, de 10 anos, mora com a mãe e o avô, que também é o seu melhor amigo. Lupita adora ouvir as histórias do membro mais velho da família. Com o avô, a garotinha aprendeu a ouvir e a contar histórias. É com ele também que Lupita descobre que tudo é música, até o silêncio, e que nada é impossível para quem tem imaginação. Antes de virar passarinho, o avô de Lupita a presenteia com um livro em branco para que ela escreva suas próprias histórias a partir de sua memória e imaginação. Dito e feito, a menina desenha uma mirabolante rota de fuga para escapar com seu avô, evitando, desta forma, que a Dona Muerte dance com ele durante os festejos do Dia dos Mortos.

+ Tivoli Park passa a cobrar ingresso a R$ 99,99

Continua após a publicidade
Publicidade