Clique e assine por apenas 4,90/mês

Dia da Educação Infantil: sete livros para estimular a leitura em casa

Mesmo que a criança ainda não consiga ler, é fundamental que as famílias criem momentos prazerosos dos pequenos com os livros

Por Marcela Capobianco - Atualizado em 24 ago 2020, 15h16 - Publicado em 24 ago 2020, 14h40

O Dia da Educação Infantil é comemorado nesta terça (25) e, como as escolas cariocas ainda estão fechadas, VEJA Rio preparou uma lista de livros para estimular, nos pequenos, o hábito mais que necessário. As recomendações de livros para crianças de até 6 anos de idade foram feitas pela Biblioteca do Centro Educacional Anísio Teixeira (CEAT).

Os professores lembram que as leituras devem ser mediadas pelas famílias. Mesmo que a criança ainda não segure o livro sozinha e nem consiga ler sem ajuda, os familiares podem introduzir os livros e a literatura, com a contação em voz alta e a interatividade com as ilustrações.

Para marcar o Dia Nacional da Educação Infantil, nesta quarta (26), a escola promove uma live com a atriz, cantora e compositora Bia Bedran, reconhecida pelo seu trabalho com crianças. A live, conduzida pelas professoras de música Ana Cristina Elias e Elisa Addor acontece às 15h30, no perfil do Instagram @ceat12.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

A educação infantil abarca o desenvolvimento integral dos bebês e das crianças de até 6 anos nos aspectos físico, psicológico, intelectual e social, com a contribuição da família e da comunidade. As professoras Edith Lacerda e Ninfa Parreiras recomendam os seguintes livros para todo mundo ler em família:

Amanhecer na Roça – Ronaldo Simões Coelho

Amanhecer na Roça: animais, colagens e diversos ritmos de leitura para encantar os pequenos Editora Baobá/Divulgação

Frases curtas, amplas ilustrações (de Nydia Negromonte) apresentam uma manhã na roça, com muitos bichos – do ar, da terra e da água (sapo, tiziu, rã, minhoca, sanhaço, etc.). Há uma costura interessante entre as imagens apresentadas como se fossem colagens e as palavras cheias de ritmos. Editora: Baobá

+ Dez séries de strreaming para ver em família

Brasileirinhos – Lalau e Laurabeatriz

Brasileirinhos: poesia para conscientizar sobre a preservação das espécies Companhia das Letrinhas/Divulgação

Aqui os autores trazem versos e ilustrações dedicados a algumas das espécies de animais em risco de extinção. Esse é o primeiro volume de uma coleção que encanta o público infantil. Conscientização e poesia andam de mãos dadas. Um alerta para a riqueza da nossa fauna, que precisa ser preservada. Editora: Companhia das Letrinhas

Continua após a publicidade

Eloísa e os Bichos – Jairo Buitrago

Eloísa e os Bichos: livro usa animais grandes para mostrar como as pessoas podem ser hostis Editora Pulo do Gato/Divulgação

A menina Eloísa muda de cidade com seu pai. Lá ela se sente diferente e todos parecem hostis, como bichos gigantes. A escola é um ambiente em que se sente deslocada e as horas não passam. Aos poucos, ela vai se acostumando com a cidade e aprendendo a viver nela. Editora: Pulo do Gato

+ Grátis: companhia teatral disponibiliza peças clássicas no YouTube

E o Dente Ainda Doía – Ana Terra
Um jacaré com dor de dente recebe a ajuda de vários bichos que tentam resolver seu problema. Texto cumulativo com rimas divertidas e brincadeiras com números. O que será que vai acontecer quando a dor de dente do jacaré acabar? Só lendo a história para descobrir… Editora: DCL

Lá No Meu Quintal – O Brincar de Meninas e Meninos de Norte a Sul – Gabriela Romeu & Marlene Peret

Lá No Meu Quintal: livros mostra brincadeiras de cada região do país Editora Peirópolis/Divulgação

O livro, feito para toda a família, é dividido em cinco partes, mostrando as brincadeiras e os brinquedos típicos de cada região. As fotos de Samuel Macedo e ilustrações de Kammal João acompanham as histórias daquilo que entretém gente pequena e grande ao longo dos tempos. Editora: Peirópolis

Tabuleiro da Baiana – Elma
O que será que tem no tabuleiro de uma baiana? Delícias doces e salgadas, cheiros e muitos temperos. Acarajés, cocadas e tapiocas eram preparados com carinho por Arminda e também por seus filhos. Afinal, a culinária é tradição de família, com segredos e mistérios a serem descobertos pelos leitores. Editora: Paulinas

+ Barra da Tijuca ganha dois parques de pula-pula

Meu Pai Vai Me Buscar Na Escola – Junião

Meu Pai Vai Me Buscar na Escola: livro explora a imaginação dos pequenos Editora Zit/Divulgação

Com pouco texto e ilustrações muito alegres, o cartunista Junião conta o percurso de um menino no colo de seu pai desde a saída da escola até chegar em casa. Durante o caminho, pelos olhos da criança, o pai vira submarino, canguru, polvo e o que mais a imaginação permitir. Editora: Zit

 

Continua após a publicidade
Publicidade