Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

No dia nacional do livro, dicas para se apaixonar pela leitura

Professoras de literatura indicam histórias para crianças "de todas as idades". Nunca é tarde para iniciar o hábito que só traz benefícios

Por Marcela Capobianco Atualizado em 23 abr 2021, 12h43 - Publicado em 23 abr 2021, 12h42

O mês de abril guarda diversas datas importantes para o país: o dia de Tiradentes, o “descobrimento” do Brasil pelos portugueses, a celebração a São Jorge… Mas poucos sabem que o dia 23 também o dia nacional do livro. E, no dia 28, é comemorado o dia nacional da educação.

+ Teatro para ouvir: projeto lança peças infantis em formato de podcast

Para não deixar as efemérides sobre leitura e educação passarem em branco, VEJA Rio convocou as professoras Edith Lacerda e Ninfa Parreiras, do Centro Educacional Anísio Teixeira (Ceat), para sugerir dicas de livros para “crianças de todas as idades”. Dessa vez, as histórias selecionadas tratam da paixão pelos livros e a literatura. Confira:

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Bebês e crianças pequenas:

Como Eu Gosto do Meu Livro de Histórias – Anita Jeram.

Um clássico livro para os míudos. A obra apaixonante mostra, em texto e ilustrações (também produzidas pela autora), um coelho encantado pelo livro de histórias, com uma floresta mágica, um leão e muitas lendas criadas pela fantasia do personagem. Ele pode entrar e sair do livro, transitar por sonhos e ter sensações agradáveis. A tradução é de Monica Stahel. Editora Martins Fontes.

Uma Biblioteca É Uma Casa Onde Cabe Toda A Gente – Mafalda Milhões

Capa do livro Uma Biblioteca É Uma Casa Onde Cabe Toda a Gente
Uma Biblioteca É Uma Casa Onde Cabe Toda a Gente: livro português exalta o hábito da leitura Abacatte/Divulgação

Já imaginou uma biblioteca que abarca livros, pessoas, personagens e sonhos? Pois é, essa biblioteca existe e foi criada pela escritora e ilustradora portuguesa Mafalda Milhões. O livro é um convite à leitura e ao aconchego que as histórias trazem para os leitores. Cada um vai encontrar seu espaço nesta casa dos livros tão acolhedora. Editora Abacatte.

Crianças maiores:

Continua após a publicidade

Quero Ler Meu Livro – Koen Van Biesel.

Ao embarcar nesta leitura, os pequenos acompanham, ao mesmo tempo, o que acontece em dois apartamentos: numa página, um vizinho tenta ler um livro; na outra, uma menina faz barulho enquanto brinca. O vizinho se zanga e, em vão, bate na parede pedindo por silêncio. Até que ele tem uma ideia para resolver o problema: dar um livro para menina! Assim, os dois passam a ler um livro juntos. Até que são interrompidos por outro barulho… A tradução é de Cristiano Zwiesele do Amaral. Editora Pulo do Gato.

O Que Me Diz, Louise? – Toni Morrison & Slade Morrison.

Capa do livro O Que Me Diz, Louise?
O Que Me Diz, Louise?: homenagem a Louise Glück, ganhadora do Nobel Globinho/Divulgação

Louise encontra refúgio num lugar no qual nunca se sente desamparada: uma biblioteca. Narrada em versos, em um ritmo cadenciado, a história evoca memórias da escritora que recebeu o Prêmio Nobel da Literatura. O livro é uma celebração da leitura, da cultura e de como a literatura pode transformar vidas. A versão brasileira é assinada por José Rubens Siqueira. Editora Globinho.

+ Clipes caprichados do Farra dos Brinquedos conquistam a criançada

O Sr. Raposo Adora Livros! – Franziska Biermann

Com muito humor, a história de Sr Raposo, guloso por livros, nos leva a refletir acerca do processo da escrita e da leitura e tudo que envolve a paixão de quem gosta dos livros: expectativas, fantasias… O apetite voraz do personagem Raposo o leva a viver grandes aventuras e a transformar os rumos da sua vida. A tradução é de Christine Röhrig. Editora Cosac&Naify.

Adolescentes:

Anne de Green Gables – Lucy Maud Montgomery

Atriz principal da série Anne com A
Anne With An E: o sucesso é tão grande que fãs fizeram petição exigindo nova temporada, mas não obtiveram sucesso Netflix/Divulgação

Este clássico da literatura juvenil foi publicado pela primeira vez em 1908 e até hoje agrada a leitores de todas as idades. A recente série Anne With an E, da Netflix, renovou o interesse pela protagonista: sonhadora, sensível, encantada pelas coisas simples, Anne encontra nos livros o mundo inteiro e adquire força para enfrentar as adversidades. Em 2019, foi publicada uma edição de luxo, com capa dura e páginas coloridas à semelhança de um diário. Versão brasileira ficou a cargo de Alexandre Barbosa de Souza. Editora Nova Fronteira.

+ Oscar 2021: Mulan e Soul estão na lista de filmes mais procurados pelos brasileiros

A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata – Mary Ann Shaffer e Annie Barrows

Após a Segunda Guerra Mundial, um morador de uma ilha britânica totalmente isolada do continente durante a ocupação nazista começa a se corresponder com uma escritora que mora em Londres. Através dessas cartas, tomamos conhecimento sobre um clube do livro que salvou a vida de seus membros. Inicialmente criado como um álibi para não serem capturados pelos alemães, a leitura acabou se mostrando transformadora para todos. Esse romance epistolar é imperdível. A tradução é de Léa Viveiros de Castro. Editora Rocco.

Continua após a publicidade
Publicidade