Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Atenção: doses de reforço para idosos de 60 anos ou mais já estão liberadas no Rio

Medida é válida para os que receberam a segunda dose até o dia 28 de fevereiro. Calendário por idade e para pessoas imunossuprimidas também segue em vigor

Por Luiza Maia Atualizado em 23 set 2021, 12h12 - Publicado em 23 set 2021, 12h11

A aplicação da terceira dose da vacina no Rio já está liberada para os idosos com 60 anos ou mais – somente aqueles que receberam a segunda dose do imunizante até o dia de 28 de fevereiro. A medida foi anunciada nesta quarta (22) pela prefeitura, com a recomendação do Comitê Especial de Enfrentamento à Covid-19 do município.

+ Covid: Rio libera três eventos em outubro sem máscara e distanciamento

Pessoas deste grupo podem comparecer aos postos de saúde a qualquer momento para receber a dose de reforço. O cronograma por idade previsto pela prefeitura também segue em vigor.

Nesta quinta (23), é a vez dos idosos de 86 anos ou mais receberem o imunizante. O calendário segue o escalonamento por idade até sábado (25), com a vacinação de pessoas com 84 anos ou mais. Imunossuprimidos a partir de 40 anos também podem tomar a dose de reforço, com intervalo de 28 dias entre a segunda dose.

+Boa notícia: 99% da população adulta do Rio está vacinada com a primeira dose

A imunização de adolescentes segue nesta quinta (23) com a aplicação da primeira dose para meninas de 13 anos. Na sexta (24), será a vez dos meninos da mesma faixa etária. Haverá repescagem para pessoas de 13 anos ou mais que perderam a data prevista no sábado (25).

As doses aplicadas nos adolescentes são da Pfizer, único imunizante atualmente autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para esta faixa etária. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) aguarda o recebimento de novas remessas para vacinar os adolescentes de 12 anos na próxima semana.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade