Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Covid-19: Rio inicia terceira dose para idosos em setembro

Decisão foi anunciada na manhã desta segunda (23). Planejamento prevê atendimento inicial de maiores de 60 anos de quem vive em asilos e casas de repouso

Por Redação 23 ago 2021, 17h39

A Prefeitura do Rio começará a aplicar a terceira dose da vacina contra a Covid-19 em idosos a partir de setembro. A decisão foi comunicada após reunião extraordinária na manhã desta segunda (23) com o Comitê Científico de Enfrentamento à Covid-19 (CEEC).

A ideia é realizar a distribuição do reforço de maneira escalonada a todas as pessoas com 60 anos ou mais, começando pelos asilos e casas de repouso. Sendo assim, a imunização será feita com doses da Pfizer ou da AstraZeneca, independentemente da vacina aplicada nas duas etapas anteriores. O restante do público-alvo deverá receber a terceira dose até novembro.

+Covid-19: diante da falta de doses, Rio adia vacinação de adolescentes

Além desta pauta, as autoridades do município têm discutido acerca da redução do intervalo entre a primeira e segunda dose para aqueles cidadãos que foram contemplados com Pfizer inicialmente. O objetivo da Secretaria Municipal de Saúde é que o tempo de aplicação seja de oito semanas e não de doze, como é feito atualmente. No entanto, a concretização do plano ainda depende do quantitativo disponibilizado pelo Ministério da Saúde.

+Arrastões, aglomeração, violência: praias do Rio têm fim de semana de caos

Mais uma vez, o município teve que alterar o calendário de vacinação por conta da insuficiência de imunizantes. Nesta segunda (23), em vez de atender os jovens, os vacinados foram apenas adolescentes com deficiência, a partir de 12 anos, e repescagem de adultos.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade