Continua após publicidade

Covid-19: 67% dos internados no Rio apresentam comorbidades

Cardíacos, hipertensos, diabéticos e obesos representam os maiores índices entre os hospitalizados, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde

Por Carolina Barbosa Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
17 Maio 2021, 12h41

Segundo dados do último boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde, 67% dos cariocas hospitalizados em razão da Covid-19 no Rio tinham algum tipo de comorbidade. No topo do ranking das doenças que acometem os internados constam as cardíacas, seguidas de hipertensão, diabetes e obesidade (veja abaixo a lista).

+Vacinação: confira o cronograma da semana no Rio para Covid-19 e gripe

O Rio ultrapassou mais de 300 000 casos de Covid-19 desde o início da pandemia e contabiliza 25 278 vítimas da doença. No que diz respeito à vacinação, 1,7 milhão de cariocas já receberam a primeira dose (leia-se 26,4% da população). Com imunização completa (duas doses), são mais de 857 000 cidadãos.

+Covid-19: Rio ultrapassa a marca de 25 000 mortes

Doenças mais presentes entre os hospitalizados na capital fluminense:

Cardíaca – 38,01%
Hipertensão – 8,5%
Diabetes – 5,1%
Obesidade – 3,04%
Câncer – 2,4%
Doença neurológica – 1,8%
Asma – 1,5%

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.