Clique e assine com até 65% de desconto

E o melhor petisco do ano é… O polvo com bacon do Velho Adonis!

A nova estrela do cardápio entrou em cena após a reforma do estabelecimento

Por Redação Atualizado em 20 nov 2020, 15h42 - Publicado em 20 nov 2020, 06h00

O reduto tradicional em Benfica andava decadente quando foi comprado e reformado por um freguês assíduo, João Paulo Campos, em 2019. Dono de outro negócio no ramo, a Casa do Galeto, profissional com passagem pelos requintados Fasano Al Mare e Antiquarius, ele convocou para a cozinha seu colega Antônio Rodrigues, ex-Satyricon.

Na hora de rearrumar o cardápio, o próprio Campos, após algumas experiências, chegou à gloriosa “cambuquinha” de polvo com bacon (R$ 38,90). “Passei parte da vida trabalhando em restaurantes bacanas da Zona Sul, servindo pratos de frutos do mar, e queria trazer algo assim para o botequim”, resume.

O preparo do melhor petisco da cidade começa pelo bacon, frito com alho, um pouco de manteiga e outro tantinho de azeite. O polvo (300 gramas do molusco), frito na gordura que soltou do toucinho, ganha mais azeite, salsinha, coentro e uma gota de tabasco. Depois é levar à mesa a “cambuquinha” com tudo junto e um pãozinho para aproveitar o molho, melhor companhia para o chope Brahma (R$ 7,60), orgulho local.

Durante as obras do ano passado, tomou-se ali um susto: arrombaram a casa e levaram a chopeira com quase setenta anos de serviços prestados. Exasperado, João Paulo Campos peregrinou por ferros-velhos nos arredores. “Perto da Cadeg encontrei a bichinha no chão, desmontada”, conta. Recuperada e tinindo, a torneira voltou a encher calderetas de chope gelado na serpentina com 90 metros de comprimento. “Eu comprei o Adonis por causa do chope”, confessa Campos.

Rua São Luiz Gonzaga, 2156, Benfica, ☎ 2026-4186 (120 lugares). 10h/23h (dom. 9h/18h; fecha seg.). Aberto em 1952. Peça no iFood.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade