Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Os premiados de VEJA RIO Comer & Beber 2021/2022

Em sua 25ª edição, o guia gastronômico traz dez categorias estreantes

Por Carolina Barbosa Atualizado em 20 out 2021, 22h07 - Publicado em 20 out 2021, 22h05

Pelo segundo ano em formato digital,  ainda em função da pandemia do novo coronavírus, o prêmio VEJA Rio Comer & Beber, o Oscar da gastronomia carioca, reuniu, em cerimônia aberta ao público, cerca de 600 espectadores nesta festança on-line, apresentada por Santander, na noite desta quarta (20). Marcada pela descontração e pela alegria, a premiação foi conduzida pela jornalista Fernanda Thedim, editora-chefe de VEJA RIO, e pelo ator e apresentador João Vicente de Castro, responsáveis por anunciar os vencedores em 30 categorias de estabelecimentos de comidinhas, bares e restaurantes, além de profissionais que se destacaram na cozinha e nos salões cariocas.

A noite começou com o anúncio dos vencedores da seção de comidinhas (veja a lista completa abaixo) nesta 25ª edição do guia gastronômico. Dentre eles, o título de chocolatière do ano ficou com Samantha Aquim, à frente do Chocolate Q. “Eu me sinto muito feliz em ver isso acontecer (a valorização do cacau nacional). Ele merece”, disse a chef. O título de melhor pastel de nata foi obtido pela novata Portugo, enquanto a João Padeiro & Co. foi reconhecida por fazer o melhor pão da cidade.

Na seara dos bares, o guia laureou empreitadas como o gastrobar Pope, o terraço com vista deslumbrante do Boteco Belmonte Ipanema, a Tasca Miúda na categoria melhor tasca, o db House como o lugar do melhor torresmo e o Garoa Bar Lounge no quesito gim-tônica. Pela primeira vez, o Comer & Beber coroou o cervejeiro do ano, posto arrebanhado pelo carioca Bernardo Costa e Silva, sócio e responsável pelas ótimas receitas etílicas da Three Monkeys Beer, visivelmente surpreso com a conquista. Os comentários dos resultados ficaram a cargo de Juarez Becoza, jurado da publicação e colunista de VEJA RIO.

Na ala dos restaurantes, representantes da boa mesa, muita comoção, torcida e comentários em meio aos anúncios. O título de melhor asiático ficou com o Spicy Fish, recém-chegado a Ipanema. No topo do pódio como a melhor churrascaria rodízio está a Palace, com sete décadas de bons serviços prestados. O segmento revelou ainda gratas surpresas, como o Cantón, dedicado à culinária chifa (misto de peruana e chinesa), eleito na categoria “bom e barato” e o L’Etoile, um francês de primeira encarapitado no topo do Sheraton.

Palace: eleita na categoria churrascaria rodízio
Palace: eleita na categoria churrascaria rodízio Divulgação/Veja Rio

É tetraaa! Pelo quarto ano, consecutivo o Oteque, de Alberto Landgraf, subiu ao topo do pódio na categoria cozinha de autor. O aguardado prêmio de chef do ano foi dado a Pedro de Artagão, à frente do Irajá e de mais uma série de endereços. “Com o passar do tempo, comecei a me sentir um pouco mais confortável para me arriscar em outras áreas, que sempre flertei e gostei.  Este foi mais um ano difícil, de transformações, de olhar para a gastronomia e para o que as pessoas gostam de comer. Foi assim que criei pizza, boteco e voltei com o Irajá”, diz Artagão. A revelação da vez foi o jovem Pedro Coronha, que comanda as panelas no Mäska, outra bem-vinda novidade à cena gastronômica carioca.

Pedro Benoliel e Bruno Chateaubriand: comentários ao longo da cerimônia
Pedro Benoliel e Bruno Chateaubriand: comentários ao longo da cerimônia Divulgação/Divulgação

A solenidade contou com a participação da musa do samba Teresa Cristina, além de comentários do colunista Bruno Chateaubriand e do chef Pedro Benoliel. Além de falar sobre os resultados, a dupla ainda fez o esquenta no tapete vermelho da noite. Tudo isso foi só uma provinha do que está por vir, com a publicação do recheado guia, disponível nas bancas a partir de sábado (23). Mas, antes disso, a gente te relembra aqui os grandes campeões (na lista abaixo, em negrito). Veja a seguir.

COMER & BEBER 2021/2022

COMIDINHAS

CHOCOLATIER DO ANO
Samantha Aquim (Chocolate Q)

CAFÉ DA MANHÃ
1 – Café 18 do Forte
2 – Empório Jardim
3 – Nusa Café Brunch & Bistrô

HAMBÚRGUER
1 – Sabor D.O.C.
2 – Curadoria
3 – Encarnado Burger

PÃO
1 – João Padeiro & Co.
2 – The Slow Bakery
3 – Fabro Padaria

PASTEL DE NATA
1 – Portugo
2 – Alda Maria Doces Portugueses
3 – Casa Cavé

SORVETE
1 – Mil Frutas
2 – Momo Gelato
3 – Vero Gelato Pizza e Café

LANCHONETE VEGANA
1 – Ganic Lab
2 – Conflor Confeitaria Vegana
3 – Okanossa Café

BARES

CERVEJEIRO DO ANO
Bernardo Costa (Three Monkeys Beer)

GIM-TÔNICA
1 – Garoa Bar Lounge
2 – Quartinho Bar
3 – Caju Gastrobar

TORRESMO
1 – dB House
2 – Bar do Bode Cheiroso
3 – Boteco Rainha

Continua após a publicidade

BOTEQUIM
1 – Bafo da Prainha
2 – Bar da Frente
3 – Cachambeer

GASTROBAR
1 – Pope
2 – Nosso
3 – Venga!

QUIOSQUE
1 – de Lamare
2 – Barthô Praia
3 – La Carioca en la Playa

TASCA
1 – Tasca Miúda
2 – Sardinha Taberna Portuguesa
3 – Tasca Carvalho

TERRAÇO
1 – Boteco Belmonte Ipanema
2 – Spirit Copa Bar
3 – The Rooftop Selina Lapa

ESPAÇO COMPARTILHADO
1 – Be+Co
2 – Tastelab NorteShopping
3 – Mercado de Produtores Uptown

RESTAURANTES

RESTAURATEUR DO ANO
Gero Fasano (Gero)

CHEF DO ANO
Pedro de Artagão (Irajá)

CHEF REVELAÇÃO
Pedro Coronha (Mäska)

ASIÁTICO
1 – Spicy Fish
2 – Mee
3 – Mr. Lam

CHURRASCARIA RODÍZIO
1 – Churrascaria Palace
2 – Assador Rio’s
3 – Rio Brasa

COZINHA DE AUTOR
1 – Oteque
2 – Lasai
3 – Irajá

FRANCÊS
1 – L’Etoile
2 – Emile
3 – Chez Claude

ITALIANO
1 – Grado
2 – Cipriani
3 – Gero

JAPONÊS
1 – San
2 – Naga
3 – Haru Sushi

PEIXES E FRUTOS DO MAR
1 – Escama
2 – Margutta
3 – Satyricon

PIZZA
1 – Ferro e Farinha
2 – Oggi Pizza Napoletana
3 – Gero Panini

PORTUGUÊS
1 – Gajos D’Ouro
2 – Rancho Português
3 – Entre Amigos Gastronomia

BOM E BARATO
1 – Cantón
2 – Cantina da Praça
3 – Càm O’n Thai Food

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade