Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Oteque, do chef Alberto Landgraf, estreia no delivery

De terça a sábado, entre 11h e 15h, pode-se pedir menu degustação ou optar por pratos avulsos, a exemplo de bolinhos e sanduíches

Por Carolina Barbosa 29 jan 2021, 19h31

Uma ótima notícia aos apreciadores da boa mesa: o premiado restaurante Oteque, eleito pelo último Comer & Beber a melhor cozinha autoral da cidade (no total, ele conta com três títulos desde a abertura da casa, em 2018, mais o título de chef do ano, em 2019) e condecorado com duas estrelas no Guia Michelin, estreou nesta quinta (28) no delivery. No iFood, o chef Alberto Landgraf passa a oferecer criações que variam conforme a disponibilidade dos ingredientes, no almoço de terça a sábado, entre 11h e 15h.

+ Oteque é eleito o melhor restaurante de cozinha de autor

“A ideia é vender pratos avulsos, que vão desde bolinho de bacalhau a receitas principais, tornando a marca bem mais acessível e variando sempre o menu, de acordo com os ingredientes disponíveis. Também quero inserir clássicos do Epice (sua extinta operação em São Paulo) e do Oteque que não se enquadram mais nos moldes do salão, além de alguns itens que fazemos bem e não se adequam à proposta atual. No entanto, uso os mesmos insumos e os mesmos fornecedores de qualidade nas duas operações”, explica Landgraf. “Mas que fique claro: nada muda em relação ao padrão, à busca por excelência e por inovação, e no que diz respeito ao serviço da noite”, garante.

Sanduíche de frango frito
Sanduíche de frango frito: atração exclusiva do delivery Divulgação/Divulgação

Na plataforma, onde o serviço está descrito como Oteque Home, os comensais podem pedir, por exemplo (vale lembrar que as opções vão variar), desde frango frito (R$ 60,00, cinco unidades) com molho de pimenta e boudin de cogumelos com creme do próprio fungo (R$ 65,00) a bolinhos de bacalhau (R$ 55,00, cinco unidades) até polvo grelhado com batata ao murro e vinagrete de pinhole (R$ 105,00). Nestes primeiros dias figuram ainda preparos como sanduíche de frango frito (R$ 45,00) no pão de leite, com rúcula, repolho, maionese e molho de pimenta e bolo de chocolate sem glúten com creme inglês (R$ 40,00). Tudo chega em embalagens biodegradáveis feitas de bagaço de cana-de-açúcar ou amido de milho. Para uma experiência mais completa, vale pedir o menu degustação – com dois petiscos, uma entrada, um principal e uma sobremesa, por R$ 325,00.

+Quinze doces com leite condensado para se deliciar sem gastar milhões

a imagem mostra um bolo de chocolate sem glúten
Bolo de chocolate sem glúten: sugestão para encerrar a refeição Divulgação/Divulgação

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade