Clique e assine por apenas 3,90/mês

Novidades na orla: o que mudou nos menus e serviços de cinco quiosques

Do Caneco 70, no Leblon, ao Barthô Praia, em São Conrado, confira as novidades surgidas à beira-mar com a flexibilização

Por Carolina Barbosa - Atualizado em 18 set 2020, 15h24 - Publicado em 18 set 2020, 06h00

Espaços concorridos, sobretudo em tempos de pandemia, os quiosques, com amplas áreas ao ar livre, sofreram adaptações nos cardápios e no serviço para se amoldar aos novos tempos. Veja a seguir!

+A terrinha é aqui: novos botecos à moda portuguesa chegam ao Rio

Azur

Para a retomada, o espaço inspirado na Côte d’Azur, na Riviera Francesa, plastificou os cardápios e disponibilizou-os em QR code, reduziu a capacidade de público à metade e espalhou álcool em gel para a clientela. Os menus, inclusive, também foram enxugados, mas clássicos como o pastel de camarão com catupiry (R$ 16,00) e a moqueca de camarão (R$ 180,00, para dois) continuam firmes e fortes. Para molhar o bico, caipirinhas variadas (foto) e drinques como o caricot (R$ 120,00 a jarra), de vinho branco, uva verde, maçã verde, carambola, maracujá, soda e limonada. Avenida Delfim Moreira, Posto 11, Leblon. 12h/21h (fecha seg. e ter.).

Caipi azur: carambola, maracujá e alecrim Alexander Landau/Divulgação

+Roberta Ciasca leva o vegetariano Brota ao Be+Co, em Botafogo

Barthô Praia

À frente do projeto praiano está Deborah Manfroi, pupila do chef José Hugo Celidônio e responsável pelo Bartholomeu, de Paraty. Aberto em fevereiro, o quiosque retomou as atividades em julho com cuidados extras, como a adesão de face shield pela equipe. Para petiscar, escolha entre os pastéis de palmito (R$ 12,00) e as espetadas de camarão e lula (R$ 20,00; foto). Na seara dos bebes, o moscow mule vem com espuma de tangerina (R$ 32,00). Avenida Prefeito Mendes de Morais, em frente ao 1400, São Conrado, tel: 99521-4787. 12h/22h30 (fecha seg. e ter.)

Espetadas: hit no abre-alas Barthô Praia/Divulgação

+Os badalados smash burgers são a aposta da hamburgueria Madá

Caneco 70

Em frente ao tradicional bar que se tornou ícone na orla e cujo nome faz referência à Copa do Mundo de 1970, quando a seleção brasileira foi tricampeã no México, funciona desde o fim do ano passado. Álcool em gel, menu virtual e distanciamento entre as mesas estão entre as medidas implementadas. Croquete de feijoada e a versão recheada de bobó de camarão (R$ 60,00 cada porção) constam na ala de tira-gostos. O chope Brahma gelado (R$ 12,00 a tulipa; foto) ou a batida de coco (R$ 26,00) podem fazer companhia às pedidas. Avenida Delfim Moreira, Posto 12 (em frente à Rua Rainha Guilhermina), Leblon. 8h/22h.

Continua após a publicidade
Caneco 70: chope gelado Fred Pontes/Divulgação

Oito restaurantes abertos após a flexibilização das atividades no Rio

Marea

Com quase 300 metros quadrados, o quiosque reduziu sua capacidade a oitenta lugares, a fim de garantir a segurança dos frequentadores. No comando da cozinha local, integrante do Grupo Fasano, está o chef Nicola Fedeli. A cargo dele ficou a missão de elaborar o novo cardápio, agora mais enxuto, no qual constam pastel de queijo taleggio (R$ 16,00), croquete de bacalhau (R$ 36,00; foto) e ceviche de peixe (R$ 56,00). Para acompanhar, clericot de espumante, uva, morango, laranja, kiwi e licor de pêssego (R$ 145,00; 1 litro). Avenida Vieira Souto, quiosques 3 e 4 (Posto 8), Ipanema, tel: 99539-9834. 12h/18h (fecha seg. e ter.).

Marea: croquete de bacalhau Lipe Borges/Divulgação

+Com matriz em Ipanema, P.Ovo expande suas operações para o Leblon

La Carioca Cevicheria

No aconchegante espaço peruano, os protocolos de higiene e segurança incluem aferição de temperatura e pedidos feitos via aplicativo. Sucesso por lá, o ceviche de salmão ao molho shoyu com mel, pimentões, cebolinha e crispy de gengibre sai a R$ 36,00. Outro hit, o chicharrón traz camarões crocantes com molho de abacate, maracujá picante e amendoim (R$ 47,00). Para dividir, a parrilla com polvo, lula, pescados, cogumelos e legumes grelhados custa R$ 150,00. Qualquer que seja o pedido, combine com uma das bebidas típicas, como o leche de tigre (R$ 12,00; foto) ou o pisco sour (R$ 25,00). Avenida Delfim Moreira, Leblon (Posto 11), tel: 99811-9696. 11h/17h (qui. e dom. até 21h; sex. e sáb. até 23h).

Leche de tigre: servido em shot Matheus Ramos/Divulgação

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade