Clique e assine por apenas 4,90/mês

Lugar de cachorro-quente é no boteco

Cinco endereços que servem versões do popular sanduíche para acompanhar geladas e drinques

Por Carol Zappa - Atualizado em 2 jun 2017, 11h52 - Publicado em 10 dez 2016, 16h47

Bar do Momo 

O momo dog (R$ 20,00) é um indecente sanduíche de linguiça e queijo, derretido no maçarico. No lugar do pão, uma versão do bolinho de arroz, que leva na massa mais queijo e linguiça. 

FELIPE FITTIPALDI2
FELIPE FITTIPALDI2

Cerveja Social Clube

O hot-dog “de bacon a vida” é feito com linguiça artesanal de pernil recheada de queijo, maionese de alho, molho barbecue e farofa de bacon (R$ 26,00). Cai bem com a Lambreta, red ale da Gaspar (R$ 32,00, 600 mililitros). 

spicy hot dog Booze Bar
spicy hot dog Booze Bar

Booze Bar

No pão de pimenta-verde, pincelado com maionese de alho, o spicy hot dog (R$ 22,00) leva linguiça suína coberta de queijo gratinado e mostarda preta. Uma alentada oferta de cervejase chopes escolta o pedido. 

hot dog Big Head Food
hot dog Big Head Food

Bento

Na batalha de hambúrguer no ponto de cervejas artesanais, o rei da chapa ganhou nova versão: no Rei Dogão, no domingo (18), o vencedor big head food (foto) disputa com o dogtopia, projeto do “ogro” Jimmi McManis, o título de melhor cachorro-quente. Cada um custa R$ 22,00. 

cachorro quente Vinil Rio
cachorro quente Vinil Rio

Vinil Rio

No endereço de boa coquetelaria e trilha sonora regida por clássicos do pop rock dos anos 60 a 80, aposte no requintado cachorro de linguiça de cordeiro com queijo de cabra e rúcula (R$ 39,00).

Publicidade