Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Pastel, lombo e até cassoulet: Festival Gosto da Amazônia traz pirarucu em diversos preparos

Desta sexta (9) a 25 de julho, 77 casas do Rio, Niterói e Nova Iguaçu servem receitas elaboradas com o peixe selvagem de manejo sustentável

Por Carolina Barbosa 9 jul 2021, 13h52

Desta sexta (9) a 25 de julho, o Festival Gosto da Amazônia reúne 77 casas do Rio, Niterói e Nova Iguaçu, que preparam as mais diversas receitas com o pirarucu selvagem de manejo, o maior peixe de escamas de água doce do mundo. O propósito é divulgar e incentivar o consumo do pescado, cada vez mais valorizado na gastronomia, além de gerar renda para as comunidades ribeirinhas e indígenas que contribuem para a conservação de mais de 11 milhões de hectares da Amazônia.

+Alô, Tijuca: as atrações do Bar do Honô, novato em polo boêmio do bairro

De casas tradicionais a botecos, passando por chefs renomados, todo mundo entrou na onda. O Brewteco, por exemplo, participa com pastel recheado de lombo do peixe, refogado no azeite de dendê com coentro e jambu. Na unidade da Gávea entra em cena ainda a barriga de pirarucu marinada no tucupi, feita na parrilla, servida com molho e crocante de açaí. No Escama, o peixe recheia o strudel, de massa folhada, quase uma releitura de bife wellington. Nas mãos do chef Frédéric de Maeyer, do Frédéric Epicerie, o lombo é curado e assado na brasa com miniarroz e legumes e farofa de pão. No Joaquina, no Humaitá, o peixe dá origem a um cassoulet. Já no Barsa, no Cadeg, a estrela é o vatapá do peixe. Há muito mais.

+Inverno na serra: Petrópolis terá festival de vinhos em julho

Aos interessados, neste domingo (11), a Cervejaria Tio Ruy, no Planetário da Gávea leva Jimmy Ogro para comandar uma churrascada de barriga de pirarucu selvagem. Das 11h30 às 17h30, Jimmy vai preparar barriga de pirarucu na brasa, que será servida com banana assada (R$ 49,00) e também o misto (picanha, alcatra ou costela + pirarucu – R$ 49,00), guarnecido dos mesmos acompanhamentos. Já para os outros dias do festival, o prato escolhido pela cervejaria foi a “barriga de pirarucu à la ogro”: barriga de pirarucu assada e dourada sobre purê de banana-da-terra e manteiga ao molho de moqueca (R$ 42,00).

As informações completas podem ser acessadas no site. 

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

 

Continua após a publicidade
Publicidade