Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Histórias do futebol carioca Por Blog

Vinte anos de um triste domingo para o Esporte brasileiro

Primeiro de maio é dia do trabalhador e também dia de lembrar, com tristeza, do acidente que tirou a vida de um dos mais admirados trabalhadores do esporte brasileiro, Ayrton Senna. Como o acidente ocorreu num domingo de manhã, inúmeros estádios de futebol pelo Brasil foram palco de homenagens ao piloto, cuja morte completa 20 […]

Por Bruno Salles Atualizado em 25 fev 2017, 18h41 - Publicado em 1 Maio 2014, 02h57

Primeiro de maio é dia do trabalhador e também dia de lembrar, com tristeza, do acidente que tirou a vida de um dos mais admirados trabalhadores do esporte brasileiro, Ayrton Senna. Como o acidente ocorreu num domingo de manhã, inúmeros estádios de futebol pelo Brasil foram palco de homenagens ao piloto, cuja morte completa 20 anos nessa quinta-feira.

O único jogo do Campeonato Carioca naquele domingo 1º de maio de 1994 foi entre Flamengo e Vasco, pela 4ª rodada do quadrangular final do campeonato. Curiosamente Flamengo e Vasco haviam se enfrentado uma semana antes, pela 3ª rodada, em jogo também marcado por uma morte, de Denner, ocorrida dias antes (Clique e relembre).

Os torcedores chegavam ao Maracanã sem a típica empolgação para um jogo decisivo. Antes de a bola rolar, os mais de 100 mil presentes ao estádio homenagearam o ídolo com o grito de saudação “Senna, Senna, ole, ole, ole, olá” durante o minuto de silêncio que de silêncio nada teve. Com a bola rolando, empate em 1×1, resultado que manteve o Flamengo na liderança do campeonato, recuperada pelo Vasco na rodada seguinte, quando venceu o Botafogo e viu os rubro-negros perderem o Fla-Flu, e confirmada com a vitória cruzmaltina sobre o tricolor na última rodada, que valeu o tri Carioca, no campeonato marcado pelas mortes de Denner e Senna.

Clique e veja o clima no Maracanã, antes do jogo, mas já depois da morte de Senna

Clique e veja os gols de Vasco 1×1 Flamengo

Continua após a publicidade

Publicidade