Imagem Blog

Dra. Danielle Negri

Por Danielle Negri, pediatra especializada em neonatologia formada pela Universidade Federal Fluminense Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Saúde
Continua após publicidade

Como melhorar a comunicação entre pais e filhos?

Adote 5 dicas para reforçar os laços e construir um diálogo assertivo

Por Danielle Negri
12 set 2023, 12h38

Segundo uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 54% dos pais não compreendem as preocupações e problemas dos filhos. O estudo também aponta o distanciamento dos responsáveis em relação à educação. Hoje vamos conversar sobre o que afastamento e a ausência de diálogo entre pais e filhos gera para a vida da criança e do adolescente, e principalmente entender por qual motivo isso estaria ocorrendo. E se você está passando por essa situação e não sabe por onde começar, não se preocupe. Destaquei 5 dicas para te ajudar a melhorar a comunicação com seus filhos!

A ausência de atenção e afeto, assim como o esfriamento na relação pai e filho pode fazer com que a criança e o adolescente se torne um adulto com dificuldades emocionais, cognitivas e de relacionamento, transformando-se em uma pessoa solitária, fechada e com baixa confiança. Nossa, doutora. Mas por quê? Em primeiro lugar, os pais são referência de mundo e com quem os filhos podem compartilhar suas ideias e vivências. Eles devem ser reconhecidos pelos filhos como o seu verdadeiro porto seguro. È importante ressaltar que a comunicação entre os membros familiares auxilia na formação da criança e na construção de sua personalidade. O diálogo entre pais e filhos, além de reforçar os laços, ainda contribui para a aprendizagem e convivência em sociedade, na escola, e prepara a criança para ambientes em convívio com outras pessoas. A família funciona como uma bússola, para dar orientação e o mais importante: espaço de acolhimento, onde não deve existir temor ou ressentimento.

Outro ponto que devemos abordar é sobre os conflitos, que podem acontecer em qualquer fase, porém são mais intensificados na adolescência. Mas independentemente da idade, podem existir barreiras que estejam prejudicando a comunicação:

-Muitos pais pensam que ao ameaçar os filhos ou chantageá-los, estarão fazendo com que eles os obedeçam, mas na realidade estão criando temor e ressentimento.

-Tenha cuidado com as críticas. Não devemos apresentar os nossos filhos somente os seus lados negativos. Isso pode fazer com que eles não se sintam à vontade e criar uma resistência.

-Não exponha seu filho ou o corrija diante de outras pessoas. Ele pode se sentir envergonhado e desrespeitado.

Continua após a publicidade

-Questionamento em excesso não é adequado. Aproxime-se de seu filho, mas de forma saudável e não com imposições. Isso pode obstruir a confiança na relação.

-Tempo demais nas redes sociais! Isso pode estar ocorrendo não só por parte dos filhos e também pelo lado dos pais. È necessário que as crianças entendam o limite das telas, mas os pais também precisam estar livres e dispostos para dar atenção e ouvi-los quando é preciso.

Agora que já aprendemos o que pode estar dificultando a comunicação, vamos às soluções. Veja essas 5 dicas e coloque-as em prática:

– Tenha um diálogo assertivo. Não faça imposições, mas sempre procure conversar de forma com que a criança reflita e entenda a mensagem que você está querendo transmitir.

– A atenção é a chave para uma comunicação eficaz. Sempre que seu filho chegar para conversar, ele quer que você o ouça e com atenção. Deixe algumas atividades que esteja fazendo no momento de lado e ofereça seu tempo e dedicação.

Continua após a publicidade

– Participação na família! Peça a opinião das crianças para eventos ou passeios em família. Isso mostrará que sua presença e indicações podem ser aceitas.

– Cumpra sempre as promessas às crianças. Antes de fazer alguma afirmação e oferecer algo, é melhor pensar 2x para que não seja gerada frustração e cobranças.

– Presença! Esteja sempre presente em eventos significativos para os seus filhos: festas na escola, campeonatos esportivos ou outras atividades que sejam importantes para eles.

O diálogo assertivo, a atenção e a dedicação são a chave para transformar a comunicação com os filhos e se aproximar deles.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.