Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
CASACOR Tendências de decoração, arquitetura, design e paisagismo com curadoria

Wellness: entenda o conceito que leva bem-estar para a arquitetura

Aconchegante, tranquilidade e leveza são alguns dos pilares que a ideia busca e que também são refletidos na arquitetura

Por Yeska Coelho/CASACOR Atualizado em 5 jan 2022, 13h11 - Publicado em 5 jan 2022, 08h59
Deborah Pinheiro Arquitetura - Espaço Deca - CASACOR Brasília 2021
Deborah Pinheiro Arquitetura – Espaço Deca – CASACOR Brasília 2021 Edgar Pinheiro/Veja Rio

A busca por espaços aconchegantes e tranquilos sempre foi uma preocupação dos profissionais que lidam com a construção de interiores. O conceito de arquitetura wellness vem para reforçar essa prática e verbalizá-la melhor: trata-se de uma filosofia que visa buscar o bem-estar no cotidiano das pessoas.

Projeto por Studio MK27.
Projeto por Studio MK27. Nelson Kon/Veja Rio

Essa necessidade surge em um momento mais do que propício, especialmente quando olhamos a vida urbana. As cidades possuem vários ruídos, enquanto a rotina corrida deixa as pessoas cada vez mais cansadas e estressadas. No Wellness, a busca pelo descanso e relaxamento entra em foco.

O que é Wellness?

 

Projeto de João Armentano.
Projeto de João Armentano. CASACOR/Veja Rio

Muito atrelado ao segmento de beleza e estética, o Wellness cada vez mais vem sendo reinterpretado e vivido de maneira mais profunda. Traduzido para o português, o significado é “bem-estar”, e por essa razão, outras áreas da vida aderiram ao termo e especialmente à sua filosofia para incorporar as atividades.

Palloma Meneghello. Sala de Banho São Geraldo.
Palloma Meneghello. Sala de Banho São Geraldo. Haruo Mikami/Veja Rio

Especialmente nas áreas de viagem, SPA, Fitness e nutrição, essa tendência se mostra presente e já é muito discutida, afinal, são espaços que tem um foco gigante em melhora de corpo, mente e alma. Em essência, o Wellness significa mais naturalidade, sem afastar imperfeições ou investir em artificialidades.

E a arquitetura Wellness?

Projeto de Arthur Casas - CASACOR São Paulo 2018.
Projeto de Arthur Casas – CASACOR São Paulo 2018. Filippo Bamberghi/Veja Rio

Na arquitetura, o Wellness está se tornando popular e se apresentando como uma tendência. O que muitos profissionais acreditam é que as cores, texturas, aromas e elementos que compõe um ambiente são capazes de despertar sensações, e buscar por aquelas que tragam bons sentimentos é fundamental.

O isolamento social, culminado pela pandemia do coronavírus, foi um dos grandes impulsionadores da arquitetura Wellness. Isso porque as pessoas precisaram passar mais tempo em suas casas e lidar com uma série de questões: o medo do vírus, a adaptação do home office, as incertezas econômicas, o equilíbrio entre trabalho e família, entre outras.

Projeto de Ney Lima e Walleria Teixeira - CASACOR Brasília.
Projeto de Ney Lima e Walleria Teixeira – CASACOR Brasília. Julia Totoli/Veja Rio
Continua após a publicidade

A partir disso, não foram poucos os casos de pessoas que saíram em busca de alternativas para deixar o lar com mais personalidade e aconchego. Transformar espaços em verdadeiros refúgios foi terapêutico para que os moradores conseguissem lidar com as questões externas e se sentirem mais acolhidos.

Casa Alva. BC Arquitetos - CASACOR São Paulo 2021.
Casa Alva. BC Arquitetos – CASACOR São Paulo 2021. MCA Studio/Veja Rio

A verdade é que o Wellness tem tudo a ver com autocuidado, e nada mais íntimo do que o próprio lar para contribuir com isso, deixando aquela noção de casa como um refúgio e porto seguro cada vez mais realista.

Arquitetura Wellness na CASACOR

 

GDL Arquitetura - Espaço Wellness - CASACOR São Paulo 2021.
GDL Arquitetura – Espaço Wellness – CASACOR São Paulo 2021. MCA Estudio/Veja Rio

A cada edição que passa, a CASACOR dita tendências, e há algum tempo o elenco tem explorado ambientes que visam o bem-estar e o aconchego como premissa principal.

Melina Romano - Casa Alma Duratex.
Melina Romano: projeto Casa Alma Duratex MCA Estúdio/Veja Rio

O uso de cores mais neutras e com pouco contraste, a busca por aromas mais equilibrados, texturas que convidam ao toque e muita natureza, com plantas em diferentes ambientes, são algumas das apostas que o elenco da CASACOR tem utilizado para colocar em prática o Wellness na arquitetura.

Sala de Banho Aldeia por Leo Romano - CASACOR Goiás.
Sala de Banho Aldeia por Leo Romano – CASACOR Goiás. Edgar Cesar/Veja Rio

A presença da água também se tornou VIP nos projetos que buscam o equilíbrio e bem-estar na CASACOR. A Deca entrou em cena para ajudar com essa tarefa, e apresentou ótimas opções de elementos para compor o ambiente e deixar com cara de SPA.

Casa Up - UP3 Arquitetura. CASACOR Rio de Janeiro 2021.
Divulgação/Veja Rio

Lançar mão das plantas foi outra forma de incorporar a natureza e construir essa noção de Wellness nos projetos da CASACOR – que além de tudo ainda contribuem com uma melhora na respiração e purificação do ar.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 12,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)