Largo do Boticário ganha permissão para uso comercial

Recanto no Cosme Velho pode ter passeio público que começa no terminal de ônibus vizinho e beira o histórico Rio Carioca até chegar ao largo

Tesouro da cidade, com características que remontam ao início do século XIX, o Largo do Boticário parece próximo de se livrar de décadas de abandono. Tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac), o recanto no Cosme Velho, hoje com casario aos pedaços e ocupado por flanelinhas, ganhou, da Câmara de Vereadores, permissão para uso comercial. A guinada na legislação e o possível interesse da rede Accor em instalar por lá um hotel-butique renovam as esperanças de que a área seja revitalizada. Um dos projetos mais antigos para a região, do arquiteto Nireu Cavalcanti, prevê a criação de um passeio público que começa no terminal de ônibus vizinho e beira o histórico Rio Carioca até chegar ao largo. Já pensou?

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s