Empresa suspeita de pagar propina ganha contrato com a prefeitura

A Masan Serviços Especializados, suspeita de pagar propina a Sérgio Cabral, receberá cerca de R$30 milhões para prestar serviços a creches do Rio

No último dia 18 de dezembro a Masan Serviços Especializados, acusada pela Procuradoria Geral da república de se beneficiar de propinas pagas ao ex-governador Sérgio Cabral, ganhou a licitação para prestar serviço às creches municipais do Rio.  Solto no mesmo dia pelo Supremo Tribunal Federal, o empresário Marco Antônio de Luca, ex-sócio da empresa, que receberá R$29,2 milhões, teria sido o responsável por entregar o dinheiro a Cabral.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, a empresa está livre de suspeitas para atuar em qualquer certame. A Masan disse, em nota, que não está impedida de participar de nenhum processo licitatório para órgãos públicos. Quem está sob investigação é Marco Antônio de Luca, e não a empresa”.

Ainda não há decisão judicial que impeça a Masan de de disputar contratos públicos, mas a empresa e de Luca são investigados pela Lava Jato no Rio.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s