Ações de conscientização marcam Semana de Luta das Pessoas com Deficiência

Rio Consciente, que celebra a passagem do Dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência, começa nesta segunda (21), na Praça XV

Uma iniciativa organizada pelo governo do estado do Rio de Janeiro e a Assembleia Legislativa vai permitir que pessoas sem deficiência vivam situações enfrentadas diariamente por cadeirantes, pessoas com deficiência visual e auditivos. A ação Rio Consciente, que celebra a passagem do Dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência, começa nesta segunda (21), na Praça XV, no centro do Rio, e vai até a próxima quinta (24).

+ Prefeitura anuncia pacote de acessibilidade para a cidade

No local, o público vai passar por um circuito e experimentar desafios como subir rampas ou entrar em um táxi não adaptado, em uma cadeira de rodas, e realizar atividades com os olhos vendados e com fones de isolamento nos ouvidos. A ideia é que a população experimente as dificuldades cotidianas que as pessoas com deficiência vivem para, assim, conscientizar o público e os órgãos governamentais competentes sobre a importância da autonomia do indivíduo com deficiência, além da importância do investimento na melhoria de qualidade de vida dessas pessoas.

O aposentado José Geraldo Machado, 75 anos, elogiou a iniciativa. “É muito importante essa iniciativa de conscientização para que todos nós possamos ver as dificuldades que eles encontram no dia a dia. Por exemplo, quando me vendaram e eu ‘fiquei cego’, me senti completamente perdido! Quando fiquei sem ouvir, também. A gente acaba dando valor para essas coisas que parecem simples para quem não é portador de deficiência”, disse.

A primeira-dama do Estado e presidente do projeto RioSolidário, que é parceiro na iniciativa, Maria Lucia Horta Jardim, lembrou que a data de hoje é comemorada exatamente para reforçar a luta dessa população. “O nome Rio Consciente já traduz bem do que se trata e a nossa intenção. Hoje é um dia perfeito para iniciar uma ação como essa. Relembrando, e lutando, por tudo que eles merecem, fazendo com que a população se conscientize dos problemas que eles passam. Aqui, todos que quiserem poderão sentir na pele o que é um dia banal na vida de um cadeirante, de um deficiente visual ou auditivo”.

Tânia Rodrigues, deputada estadual (PDT) e cadeirante, chamou a atenção para o fato de o tema estar em evidência, pela proximidade dos Jogos Paralímpicos Rio 2016. “Ano que vem receberemos muitos deficientes na nossa cidade, então é um tema a ser tratado com muito carinho”.

Durante a manhã, foi inaugurada a exposição “Inclusão pela Arte”, no salão nobre da Assembléia Legislativa, que reunirá obras de 18 artistas que usam a boca e os pés para pintar. Diferentemente do circuito, a exposição fica em cartaz de hoje até o dia 28 de setembro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s