Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Zona Oeste ganha mini-centro de operações

Com 160 câmeras a iniciativa da Associação Comunitária Bairro Seguro irá auxiliar as forças policiais

Por Redação Veja Rio 6 dez 2016, 16h32

Os recentes confrontos entre policiais e criminosos que culminaram na queda do helicóptero na Cidade de Deus, no mês passado, são prova da fragilidade na segurança da Zona Oeste do Rio. Numa tentativa de amenizar os problemas, a Associação Comunitária Bairro Seguro (ACBS), com recursos da iniciativa privada, montará um mini-centro de operação na região. A central de monitoramento contará com 160 câmeras para reforçar o monitoramento de alguns pontos da região. O objetivo é tentar observar o deslocamento das manchas criminais e levar mais segurança para os moradores.

+ Fuzis são cada vez mais usados em assaltos nas ruas

A estrutura irá funcionar 24 horas nas redondezas da Barra da Tijuca, Recreio, Vargem Grande, Jacarepaguá, e irá fornecer informações de apoio para as policias Militar e Civil. A Rocinha e da Cidade de Deus também estão incluídas na inciativa. 

Publicidade