Clique e assine por apenas 4,90/mês

Voo da Latam é cancelado e passageiros ficam presos no avião

Pane fez piloto retornar ao solo após tentativa de decolagem

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 9 jan 2017, 16h18 - Publicado em 9 jan 2017, 13h06

Com destino a Nova York, o voo JJ8078 da Latam apresentou uma pane  no painel de controle, fazendo com que o piloto precisasse retornar ao solo do aeroporto Galeão após tentativa de decolagem. Com a atitude do comandante, os pneus da aeronave derreteram. Toda a saga aconteceu à 0h45 desta segunda-feira com pelo menos 300 pessoas a bordo da aeronave. Os passageiros precisaram ficar cerca de duas horas dentro do transporte, sem nenhuma informação por parte da empresa. Ao tentarem retirar as bagagens da aeronave, a Latam teria informado que não seria possível, pois a Receita Federal teria proibido. Passageiros foram levados para um hotel no Centro do Rio, apenas com a roupa do corpo. Ainda não há nenhuma declaração oficial.

[Atualização] Em resposta encaminhada para a VEJA RIO, a Latam afirmou:

A LATAM Airlines Brasil informa que, devido a uma questão técnica na aeronave, o voo JJ8078 (Rio de Janeiro/Galeão – Nova Iorque/John F. Kennedy), que tinha previsão de decolar às 00h45* de hoje (9), teve de abortar a decolagem ainda em solo, em completa segurança. O voo foi reprogramado sob o número JJ9678, com decolagem prevista para hoje, às 17h50*. A empresa lamenta o ocorrido e esclarece que está prestando a assistência necessária aos passageiros. A  companhia ressalta que abortar a decolagem é um procedimento padrão de segurança na aviação, e que segue as mais rigorosas normas, atendendo a regulamentação das autoridades brasileiras e internacionais. *Horário de Brasília

Publicidade