Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Protesto ecológico com Juliana Paes e Malvino Salvador estoura na internet

Recheado de celebridades, mensagem sobre construção de Belo Monte faz sucesso em redes sociais

Por Ernesto Neves Atualizado em 5 dez 2016, 15h55 - Publicado em 16 nov 2011, 16h50

[—V—]

Gravado no Rio no final de outubro, um apelo pelo fim da usina de Belo Monte fez sucesso nas redes sociais. Trata-se de um vídeo dirigido por Marcos Prado, produtor de Estamira e Tropa de Elite, e elenco digno de novela das 21h da Globo. Entre os famosos que participam do manifesto contra a usina em construção no interior do Pará estão Sérgio Marone, Juliana Paes, Letícia Sabatella, Maitê Proença, Marcos Palmeira, Claudia Ohana, Elizângela, Eriberto Leão, Malvino Salvador, Murilo Benício, Ingrid Guimarães e Bruno Mazzeo. Durante o manifesto, que dura cerca de 5 minutos, artistas pedem para o público participar de um abaixo assinado contra a barragem, que custará R$ 30 bilhões. “Quem vai pagar? Você?”, questiona Cissa Guimarães. Já Maitê Proença tira seu sutiã para protestar.

Divulgado pelo Projeto Gota D’Água através do Facebook e o YouTube, o apelo foi prontamente atendido. Desde que foi lançado, na última terça, a petição online já contou com 26 mil assinaturas. O pico aconteceu nesta tarde, quando o site saiu do ar tamanha a quantidade de acessos simultâneos.”Tivemos uma queda do servidor”, informa o perfil do movimento no Facebook. Segundo o perfil, o site manteve uma média de 7 000 acessos simultâneos por segundo. O Gota Dágua foi criado pelo ator Sérgio Marone e reúne artistas engajados e entidades protetoras do meio-ambiente, contrárias à construção de hidrelétricas na região da Floresta Amazônica. No final, o documento com todas as assinaturas será enviado à presidente Dilma Roussef.

Publicidade