Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Ventania deixa estragos, há pontos sem luz e a previsão não é boa para esta quarta (22)

Chegada de uma massa pré-frontal derrubou mais de cem ávores na cidade e gerou imagens assutadoras no Cristo Redentor

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 22 set 2021, 16h01 - Publicado em 22 set 2021, 12h55

Quem estava pelas ruas do Rio na tarde desta terça (21) viveu cenas dignas do clássico “O Mágico de Oz”: fortes ventanias atingiram diversos bairros da cidade e fizeram um verdadeiro estrago. Dados do Alerta Rio mostraram que as rajadas chegaram a 64,8 quilômetros por hora no Aeroporto Santos Dumont e a 68,7 quilômetros por hora no Aeroporto Galeão. No Forte de Copacabana, na Zona Sul, a estação meteorológica do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou ventos de 77,8 quilômetros por hora.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Um dos pontos mais altos da capital fluminense, o Cristo Redentor se tornou cenário digno do musical de Billy Bond – ou de filmes sobre catástrofes naturais. Um funcionário do local teve dificuldades em descer uma das escadarias que dá acesso ao monumento e as imagens impressionantes foram registradas em um vídeo que circulou pela internet. Há relatos de que turistas tiveram que deitar no chão em busca de proteção da ventania. Não há informações sobre feridos.

+ Meteorologia: nova frente fria chega ao Rio na terça (21)

View this post on Instagram

A post shared by Rio de Nojeira (@riodenojeira.oficial)

Por motivos de segurança, a ponte Rio-Niterói ficou fechada nos dois sentidos por 30 minutos e a circulação de trens da Supervia também foi suspensa temporariamente nos ramais Japeri, Santa Cruz (interligado ao Deodoro), Belford Roxo e Saracuruna e nas extensões Paracambi, Vila Inhomirim e Guapimirim. Às 15h20, a cidade entrou em Estágio de Mobilização por riscos de ocorrência de alto impacto – no qual permaneceu até às 8h, pela possibilidade de novos ventos nesta quarta (22).

O prefeito Eduardo Paes usou suas redes sociais para pedir que os moradores da cidade evitassem sair de casa. “Pessoal, uma forte ventania está atingindo diversas regiões da cidade. Quem puder, evite deslocamento, por precaução. As equipes da prefeitura já estão a postos para atender ocorrências”, escreveu.

Continua após a publicidade

+ Sem aglomeração: aplicativo ajuda a mapear ônibus lotados em tempo real

Pelo menos 100 árvores foram derrubadas em vários pontos da região metropolitana, algumas delas atingindo carros, ônibus e redes de energia elétrica. As quedas interditaram o trânsito em ruas do Grajaú, de Vila Isabel e do Riachuelo, na Zona Norte, e em Botafogo, na Zona Sul. A força do vento ainda arrancou parte do telhado da estação ferroviária do Engenho de Dentro e as placas de alumínio foram jogadas longe.

Uma árvore arrancada pela ventania em cima de um ônibus numa rua em Botafogo
Estragos da ventania: mais de 100 árvores foram arrancadas nesta terça (21) Centro de Operações do Rio/Twitter

O fornecimento de energia ficou afetado em vários pontos, alguns até agora sem luz. A Light, concessionária responsável, afirma que os técnicos da companhia tentam solucionar o problema – desde terça (21), foram mobilizadas 125 equipes para o serviço.

+ Boa notícia: 99% da população adulta do Rio está vacinada com a primeira dose

A Marinha do Brasil informou que o mar está de ressaca e que o fenômeno deve permanecer até as 21h de quinta (23). Banhistas devem evitar entrar na água e se aproximar de pedras e costões. As embarcações de pequeno porte devem permanecer em terra.

O catastrófico evento climático ocorreu devido à chegada de uma massa pré-frontal – massa de ar quente que antecede uma frente fria. Ainda de acordo com o Alerta Rio, para as próximas horas a previsão é de predomínio de céu nublado com chuva fraca a moderada (que já cai em alguns pontos) até o período da noite. Os ventos serão moderados, com eventuais rajadas fortes de vento, principalmente pela manhã. No entanto, a cidade está em atenção e há possibilidade de nova mudança de estágio.

Continua após a publicidade
Publicidade