Continua após publicidade

Memória da cidade

Por Lula Branco Martins
Atualizado em 5 dez 2016, 16h12 - Publicado em 9 jun 2011, 22h07

No campo, um goleiro com talento de ator. Nas cadeiras, a moça simples – e bonita – dispara um sinalizador marítimo na direção da área. O destino juntou estes personagens em setembro de 1989, no Maracanã. Corriam as Eliminatórias para a Copa de 1990 e a seleção brasileira ganhava da chilena por 1 a 0, gol de Careca. Com seu ato impensado, Rosenery Mello, que ficaria conhecida como a Fogueteira, acabou forçando o fim do jogo porque Roberto Rojas aproveitou a confusão para mutilar-se na testa, fingindo um ferimento. Farsa revelada, o arqueiro foi banido do futebol. Rosenery ganhou algum dinheiro posando para a PLAYBOY, abriu um pequeno comércio e mudou-se para Araruama (RJ). Morreu no sábado (4), aos 45 anos, vítima de um aneurisma cerebral.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.