Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Vai se vacinar? Serviço de bikes compartilhadas dará viagens grátis

Ação das magrelas laranjinhas também incentiva a ida aos drive-thrus a bordo das bikes. Saiba como conseguir o benefício

Por Marcela Capobianco Atualizado em 26 Maio 2021, 11h20 - Publicado em 26 Maio 2021, 11h19

Desde que o novo coronavírus se instalou nos quatro cantos do mundo, a venda de bicicleta e o número de assinaturas do serviço Bike Itaú dispararam. Afinal, usar a magrela só traz benefícios: a bordo dela, é possível se exercitar e cumprir curtas e médias distâncias de forma segura, evitando aglomerações.

+ Cinco peças para assistir pela internet e tampouco pôr a mão no bolso

Com o avanço da vacinação no país, a Tembici, com apoio do banco Itaú, lançou uma ação para incentivar o uso das bikes nos postos de imunização que funcionam no modelo drive-thru.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Além disso,  todos os usuários do Bike Itaú podem utilizar as bicicletas da Tembici gratuitamente para irem até o posto de vacinação, na primeira e na segunda dose.

Continua após a publicidade

Para ter acesso à viagem gratuita, é só baixar o app Bike Itaú e criar conta. Em seguida, basta selecionar o plano vacinação e adicionar o código PRIMEIRA se estiver indo tomar a dose inicial do imunizante e SEGUNDA, caso esteja a caminho do complemento da vacinação contra a Covid-19. A gratuidade, então, estará liberada.

Os planos são válidos por 24 horas após ativados, e contemplam até duas viagens de 3h cada, para garantir a ida e a volta da vacinação.

+ Avós e netos experimentam reencontros emocionantes pós-vacinação

Para a diretora de relações governamentais da Tembici, Juliana Minorello, a união entre iniciativas privadas, poder público e sociedade civil é muito importante para o fomento de grandes iniciativas de impacto nas cidades, como o incentivo à vacinação e a adesão das pessoas a um meio de transporte mais sustentável, como a bicicleta.

+ Em tempos de pandemia, centros culturais investem em podcasts

“A bicicleta é uma ferramenta propulsora de projetos que vão além da mobilidade. Para essa campanha não foi diferente. Pensamos em possibilidades de incluir a bicicleta como uma opção e incentivo para as pessoas se vacinarem e está dando certo”, comemora a executiva.

Continua após a publicidade
Publicidade