Clique e assine por apenas 4,90/mês

Tocha Olímpica atravessa Baía de Guanabara e é entregue a Paes

Foram três meses de revezamento pelo país

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 2 jun 2017, 12h02 - Publicado em 3 ago 2016, 13h11

Três meses após chegar ao Brasil, a tocha olímpica atravessou a Baía de Guanabara de barco na manhã desta quarta (3) e chegou à capital do estado, onde acontecerá os Jogos Olímpicos Rio 2016.

Ao chegar à Escola Naval pelas mãos do atleta olímpico Lars Grael, a chama olímpica foi entregue ao prefeito Eduardo Paes, em cerimônia oficial que contou com as presenças do governador do estado em exercício, Francisco Dornelles, e do presidente do Comitê Olímpico Brasileiro e do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman.

Paes foi o primeiro condutor da tocha olímpica na cidade e levou-a até as proximidades do Bossa Nova Mall, shopping ao lado ao Aeroporto Santos Dumont, onde a entregou para Rebeca Morais dos Santos, aluna do 9º ano do Ginásio Experimental Olímpico Juan Antonio Samaranch, em Santa Tereza.

Na Cinelândia, o fogo passou ainda para as mãos do gari Renato Sorriso, que acendeu o primeiro Marco Olímpico da cidade.

Após passar em frente ao Teatro Municipal, o comboio seguiu até a Cidade do Samba e dali foi para a Baixada Fluminense.

tocha olímpica
tocha olímpica
Publicidade