Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Tiroteio fecha avenida na Zona Portuária

Circulação na linha 1 do VLT foi interrompida nesta quinta (23)

Por Redação VEJA RIO 23 mar 2017, 12h40

Na manhã desta quinta (23), a circulação da linha 1 do VLT foi paralisada por cerca de duas horas, por conta de uma troca de tiros no Morro da Providência e uma operação da Polícia Militar na Praça Mauá, ambos na Zona Portuária. Em função do ocorrido, às 9h31, a circulação estava completamente suspensa. Treze minutos depois, foi iniciado um serviço provisório entre as estações de Parada dos Navios até o Santos Dumont.

Às 11h27, no entanto, a situação do VLT foi normalizada. De acordo com a assessoria de imprensa do transporte, esta não foi a primeira vez que o VLT teve problemas com a circulação em virtude de tiroteios.

Mais cedo, a Avenida Barão de Tefé, na Saúde, também na Zona Portuária, ficou interditada na altura da Rua Sacadura Cabral e Rua Camerino, por cerca de uma hora, em virtude de uma ação policial, segundo o Centro de Operações da Prefeitura (COR).

  •  

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade