Clique e assine por apenas 3,90/mês

Teatro Maison de France, no Centro, vai fechar as portas

Inaugurado na década de 50, o Maison de France chegou a fechar nos anos 80, mas reabriu e viveu tempos áureos

Por Marcela Capobianco - 4 mar 2020, 18h18

Mais um tradicional do teatro do Rio de Janeiro vai fechar as cortinas. O Teatro Maison de France, no Centro da cidade, anunciou o encerramento das atividades para 30 de abril.

De acordo com a direção do Maison de France, a concessão do espaço não foi renovada pelo governo francês.

Por enquanto, a programação do espaço se mantém inalterada.

Foi no célebre endereço da Avenida Presidente Antonio Carlos que Fernanda Montenegro e Fernando Torrres encenaram por dois anos seguidos o sucesso E, nos anos 60. O Teatro Oficina, de José Celso Martinez Corrêa, encontrou ali um porto seguro para a arte de vanguarda.

O Maison de France também sediou, durante 27 anos, o Prêmio Molière de Teatro que prestigiava a classe artística.

Em junho de 1985, o teatro fechou suas portas pela primeira vez, depois da temporada da peça A Amante Inglesa com Paulo Autran e Tônia Carreiro. Dez anos depois, o então adido cultural do Consulado da França no Rio de Janeiro, Romaric Sulger Büel incentivou a renovação e a reabertura do Teatro Maison de France.

Continua após a publicidade
Publicidade